Inscrições Abertas para musicalização infantil gratuita do Ponto de Cultura Waldir Azevedo

Aulas iniciam em 16 de maio e contemplam crianças, jovens e adultos.

A partir de segunda-feira (16), o Ponto de Cultura Waldir Azevedo oferece aulas de musicalização infantil para crianças de 01 a 06 anos, percussão, teoria musical, cavaquinho, dança de salão e canto/coral para Deficientes Visuais, resultado de parceria firmada com o Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais (CEEDV). Os interessados em participar devem se inscrever pelo número (61) 9 9969-9877 (Whatsapp).

As oficinas terão duração de dez meses e serão desenvolvidas entre 2022 e 2023. As aulas ocorrerão às segundas terças, quintas-feiras e sábados [programação abaixo]. Além das atividades de formação, o Ponto de Cultura realizará mensalmente espetáculos culturais a partir da produção artística das oficinas, proporcionando, mais acesso aos bens culturais. A agenda cultural inclui ainda sessões de cineclube.

A manutenção do Ponto de Cultura Waldir Azevedo é realizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, e conta com o apoio da Agenda Cultural Brasília.

Sobre o projeto – O Projeto Waldir Azevedo foi fundado há mais de 10 anos pelo maestro William Nunes de Oliveira, mais conhecido como Dudu Oliveira, que durante sua adolescência, no Rio de Janeiro, viveu experiência semelhante de formação no projeto social do maestro Angelo Budega, que acabou direcionando sua vida para a música.

Imaginando implantar algo parecido no DF, adquiriu 13 cavaquinhos e aportou na Praça da Resistência, na Vila Telebrasília. Tocando, conquistou a atenção dos que estavam assistindo. “Quando vi o interesse, abri o jogo sobre os instrumentos que estavam no porta malas do carro e alí foi semeado o Projeto Waldir Azevedo, berço da Orquestra de Cavaquinhos de Brasília”, conta o maestro Dudu Oliveira.

Reconhecido com Ponto de Cultura a partir de 2018, por sua relevância artística e cultural, o Projeto Waldir Azevedo já foi agraciado com o Prêmio Cultura Viva, da Secretaria de Cultura do Distrito Federal e foi convidado pela Escola de Música de Berlim, na Alemanha, para representar o Brasil no “Dia Mundial do Choro”, com apresentações da Orquestra de Cavaquinho de Brasília e de alunos do projeto com seus professores.

O Waldir Azevedo funciona há mais de uma década sem fonte fixa de financiamento e mantém a realização de oficinas, e também a Orquestra de Cavaquinho de Brasília, com recursos de editais da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, repassados através do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC).

Há pouco mais de um ano, o Ponto de Cultura também passou a desenvolver atividades na Estrutural, oferecendo aulas de cavaquinho para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

Serviço:

Oficinas Culturais do Projeto Waldir Azevedo
Quando
: a partir de 16/05. Segunda-feira
Onde: Rua 01, número 49, loja 02 – Vila Telebrasília | Oficina de Canto Coral: Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais (CEEDV) – 612 Sul – Asa Sul
Quanto: Oficinas gratuitas
Inscrições: (61) 9 9969-9877 (Whatsapp).

Programação:

Segunda – Percussão, 19h30;
Terça- Musicalização infantil, 19h;
Quinta – Teoria Musical, 19h30; Cavaquinho 20h30
Sábado – 9h Canto/coral para PCDs; 14h Dança de Salão