Leia para uma Criança contribui com a diversão do Carnaval em família

Com distanciamento social devido à pandemia, mães, pais e responsáveis podem usar a leitura para fortalecer vínculo com a criança;
Catálogo virtual conta com 14 títulos infantis e acessíveis para garantir o direito à leitura para todas as crianças;
Léia, a inteligência virtual do programa, apoia a leitura em família

Com o crescimento dos casos da Covid-19 em todo o Brasil, os tradicionais eventos de Carnaval foram novamente adiados. O cancelamento das festas de rua é uma oportunidade para explorar outras formas de diversão que podem fortalecer os vínculos familiares, como a literatura.

Assim como o Carnaval, o universo dos livros também é repleto de fantasias, o que facilita a interatividade com a garotada. Além de ser uma prática prazerosa, apresentar a literatura para a criança possibilita ampliar seu repertório cultural e contribui para o seu desenvolvimento integral.

“Ao apresentar às crianças a fantasia, por meio das histórias e dos personagens, a literatura exerce um papel fundamental na construção do significado. Elas passam a usar a imaginação e a criatividade para lidar com sentimentos e emoções”, explica a coordenadora de Engajamento Social e Leitura do Itaú Social, Dianne Melo.

O programa Leia para uma Criança, do Itaú Social, oferece uma estante digital que disponibiliza, gratuitamente, 14 títulos que podem ser lidos por computador, tablet ou celular (abaixo). O objetivo da iniciativa é apresentar a literatura às crianças e incentivar a mediação de leitura do adulto como oportunidade de fortalecer os vínculos afetivos e a participação ativa na educação desde a infância.

O acervo conta com os autores Luis Fernando Verissimo, Adriana Falcão, Marcelo Rubens Paiva e os irmãos Grimm, além de estudantes selecionados pelas últimas edições da Olimpíada de Língua Portuguesa, do programa Escrevendo o Futuro.

A estante virtual também oferece a inteligência virtual Léia, um serviço gratuito, disponível para smartphones (iOS e Android) e dispositivos Alexa e Google Assistente, que faz a leitura dos livros disponíveis em seu acervo. A ferramenta pode ser ativada por comando de voz, basta dizer “Ok Google, falar com Leia para uma Criança” ou “Alexa, abrir Leia para uma Criança”.

Acessibilidade

Para famílias de crianças com deficiência e que desejam apresentá-las ao universo literário, o Leia para uma Criança dispõe de 20 livros com diferentes recursos de acessibilidade como locução, libras, libras expandidas, audiodescrição detalhada e poética. Os responsáveis poderão acessar os livros após realizar o cadastro no site.

Livros disponíveis na Estante Digital do Leia para uma Criança

Título: A descoberta de Adriel

Autora: Mel Duarte

Ilustração: Lhaiza Morena

Sinopse: o livro é baseado na história real do Adriel, o garoto que descobriu nos livros um superpoder para superar qualquer obstáculo: a educação.

Título: O apanhador de acalantos

Autora: Beatriz Pereira Rodrigues

Revisão: Vânia Ribeiro

Adaptação: Carolina Moreyra

Ilustração: Gabriela Martins Peixoto

Sinopse: conta uma das histórias vencedoras da Olimpíada da Língua Portuguesa de 2019 na categoria Crônica. Beatriz Pereira Rodrigues, da cidade de Catalão, em Goiás, tinha apenas 13 anos quando escreveu a redação.

Título: Sovaco da Cobra

Autor: Ângelo Raphael Albuquerque Ferreira

Revisão: Eliane da Silva Chaves

Adaptação: Jessé Andarilho

Ilustração: Erika Lourenço

Sinopse: retrata a história vencedora da Olimpíada de Língua Portuguesa de 2016 na categoria “Poema”.

Título: Da janela de Minas

Autora: Nicole Rodrigues Florentino

Revisão: Terezinha Lima da Silva

Adaptação: Lulu Lima

Ilustração: Fe Sponchi

Sinopse: o livro mostra uma das histórias vencedoras da Olimpíada de Língua Portuguesa de 2019 na categoria poema. Nicole Rodrigues Florentino, da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, tinha apenas 12 anos quando escreveu a redação.

Título: Super-protetores

Ilustração: Ivy Nunes

Sinopse: este livro é uma homenagem a todos os profissionais da saúde que trabalham e se dedicam a salvar vidas durante a COVID-19.

Título: A flor que chegou primeiro

Autora: Mayara de Aleluia Pereira

Revisão: Elisete Tavares

Adaptação: Jessé Andarilho

Ilustração: Ivy Nunes

Sinopse: livro é baseado na história vencedora da Olimpíada de Língua Portuguesa de 2016, na categoria “Crônica”.

Título: Malala, a menina que queria ir para a escola

Autora: Adriana Carranca

Ilustração: Bruna Assis

Sinopse: conheça a história da menina que não desistiu do seu sonho de estudar.

Título: As bonecas da vó Maria

Autora: Mel Duarte

Ilustração: Giovana Medeiros

Sinopse: essa história foi inspirada nas empreendedoras Joyce, Lucia e Cris, proprietárias da loja Preta Pretinha.

Título: A menina das estrelas

Autora: Tulipa Ruiz

Ilustração: Laurent Cardon

Sinopse: para a Vanessa, um livro foi o começo de um grande sonho: alcançar as estrelas.

Título: Pode ser

Autora: Adriana Falcão

Ilustração: Willian Santiago

Sinopse: a magia do futebol e do universo infantil se unem nesta história de Adriana Falcão em que a bola garante o entrosamento de uma garotinha com a turma da escola.

Título: Chapeuzinho Vermelho

Autores: irmãos Grimm

Ilustração: Bruna Assis Brasil

Tradução: Mariana Beer

Sinopse: uma adaptação moderna e divertida da clássica história dos Irmãos Grimm. Chapeuzinho Vermelho é uma menina esperta e brincalhona que adora sua vovó.

Título: A bicicleta voadora

Autor: Antônio Prata

Ilustração: Caio Bucaretchi

Sinopse: uma bicicleta, uma pipa e uma amizade que pode ser a chave para alcançar um sonho que parecia muito distante de se tornar realidade.

Título: O sétimo gato

Autor: Luis Fernando Verissimo

Ilustração: Willian Santiago

Sinopse: imagine a casa de um garoto que ganha sete gatos, cada um com um jeito diferente, com um humor diferente, falando uma língua diferente. Como será que eles vão se entender?

Título: O menino e o foguete

Autor: Marcelo Rubens Paiva

Ilustração: Alexandre Rampazo

Sinopse: uma luminária ou um foguete? Conheça a história desse menino que se deixou levar pela curiosidade e decolou em uma aventura pelo espaço sideral.

O Programa

Iniciado em 2010, o Leia para uma Criança distribuiu cerca de 65 milhões de livros físicos gratuitamente, sendo o primeiro programa a receber o Prêmio Jabuti na categoria Fomento à Leitura. Somente no ano passado, foram entregues 1.867.678 milhão de exemplares para 1.468 cidades em situação de maior vulnerabilidade social no Brasil.