Petrobras Sinfônica, uma das principais orquestras da América Latina, lança três animações infantis referentes ao Guia Prático de Villa-Lobos

“Pai Francisco”, “Escravos de Jó” e “Machadinha” estão disponíveis no YouTube da orquestra 

As canções de roda que fazem parte do imaginário infantil “Pai Francisco”, “Escravos de Jó” e “A Machadinha”, presentes no Guia Prático Villa-Lobos, ganharam arranjo orquestral e instrumentos animados, e estão no canal do YouTube da Petrobras Sinfônica. 

Com o objetivo de reforçar a importância da música de concerto junto ao público infantil, a orquestra vem criando animações para inserir os instrumentos e suas sonoridades, de uma forma lúdica, ainda na primeira infância. Não é de hoje que crianças se mostram capazes de se envolver e embarcar numa viagem musical da mais alta qualidade. Em julho de 2020 foi lançada a primeira animação criada pela orquestra, “Cai Cai Balão”, e agora chegou a vez de apresentar para a criançada mais três obras neste novo formato.

Quem não se lembra dos versos “Pai Francisco entrou na roda/tocando o seu violão/Pararapampam”? E a música “A Machadinha”, impossível cantar sem imitar o sotaque de Trás dos Montes, com as referências portuguesas como o Galo de Barcelos e as pedras portuguesas, herança de Portugal nas calçadas brasileiras?Em cada animação serão apresentados instrumentos que compõem uma orquestra, como fagote, oboé, flauta, violino, contrabaixo, violoncelo, trombone, tuba e trompa. Auxiliando não só no didatismo e na apreciação musical, que sempre foi uma missão da orquestra, como levando até mesmo os adultos a se emocionarem. Os três clássicos fazem parte do Guia Prático de Villa-Lobos, trabalho de coleta e arranjos de uma centena de canções tradicionais, feito por Villa-Lobos na década de 1930. 

“O Programa Educativo da Orquestra Petrobras Sinfônica seleciona variadas canções de nossa cultura popular, reunidas por Villa-Lobos em seu Guia Prático, originalmente voltado para o canto coral, e as apresenta em novos formatos, sinfônicos ou camerísticos. Vittor Santos, arranjador do projeto, propõe releituras inovadoras e divertidas, que enriquecem este legado, valorizando ainda mais as tradições folclóricas brasileiras, tão presentes na memória de muitas gerações e, se depender de nós, presente nas brincadeiras das crianças de hoje”, afirma Cristiano Alves, membro da Diretoria Artística da orquestra.

Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica 

Aos 49 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra conta com uma formação de mais de 60 instrumentistas e tem como Diretor Artístico e Regente Titular Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional. 

Modelo de gestão 

A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.  

Sobre a Petrobras 

Patrocinadora oficial da Orquestra Petrobras Sinfônica, a Petrobras oferece uma parceria essencial para mantê-la entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de acesso à música clássica e renovação de seu público. Ao incentivar diversos projetos, a Petrobras coloca em prática a crença de que a cultura é uma importante energia que transforma a sociedade. Por meio do programa Petrobras Cultural apoia a cultura brasileira como força transformadora e impulsionadora deste desenvolvimento, nas áreas de artes cênicas, música, audiovisual e múltiplas expressões.