Alimentação, Saúde

Baixa imunidade: 5 sinais comuns

Pedimos para a Dra. Lara Garcianutricionista em Brasília e colaboradora deste Roteiro Baby, para nos dar dicas de como identificar se nosso sistema imunológico está fragilizado.

Às vezes, adoecemos muito rapidamente e não há tempo para reagir de forma preventiva. Outras vezes, passamos vários dias com mal estar, mas ignoramos alguns sinais-chave que nosso corpo está tentando nos dar para que possamos intensificar o auto-cuidado.

Fiquem, então, atentos aos seguintes sinais abaixo!

BAIXA IMUNIDADE, 1º SINAL: DESCONFORTO INTESTINAL

Estima-se que aproximadamente 70% da nossa saúde imunológica depende da nossa saúde  intestinal e que o intestino faz frente à nossa principal  linha de defesa, que tem como uma de suas funções nos proteger.

A ingestão REGULAR de fibras e probióticos ajuda a nutrir as bactérias intestinais e pode ajudar MUITO na manutenção das nossas defesas naturais.

Sintomas como diarréia de repetição, gases excessivos, cólicas abdominais frequentes ou constipação severa (prisão de ventre) sugerem que a saúde intestinal e consequentemente a saúde imunológica possa estar comprometida.

BAIXA IMUNIDADE, 2º SINAL: FADIGA

A fadiga é talvez o sinal mais significativo que nosso corpo envia quando a função imunológica está comprometida. E não estou me referindo ao cansaço acumulado após um dia intenso de trabalho.

Existem diferentes teorias sobre por que isso acontece. Uma delas é que nosso corpo está tentando economizar recursos para combater a possíveis doenças. A outra é que quando nossas células estão sob estresse, elas liberam uma substancia química que reduz a atividade no sistema nervoso e isso faz com  a indisposição e o cansaço fiquem mais evidentes.

BAIXA IMUNIDADE, 3º SINAL: OLHEIRAS

As olheiras têm causas multifatoriais, mas muitas vezes são respostas à uma condição na qual as cavidades em torno das vias  nasais da face começam a ficar inflamadas.

Como resposta à essa inflamação, os tecidos e vasos sanguíneos próximos aos olhos ficam inchados e os pequenos  vasos sanguíneos da região ficam mais  evidentes, escurecendo a região. Isso é especialmente comum em crianças e adultos jovens.

BAIXA IMUNIDADE, 4º SINAL: PALIDEZ

Quando estamos adoecendo, nosso corpo tenta manter a homeostase e a pressão sanguínea normal usando nossos hormônios de “luta ou fuga” para contrair os vasos sanguíneos em nossas artérias periféricas (rosto, mãos e pés). Isso explica a palidez e também a temperatura mais fria em nossas mãos e pés.

BAIXA IMUNIDADE, 5º SINAL: FALTA DE APETITE

Frequentemente os mecanismos neuro-hormonais relacionados com a estimulação do apetite começam a ficar menos ativos um pouco antes de uma infecção se instalar. Isso acontece porque a energia metabólica que atua nessa regulação é “desviada” para o suprimento da demanda de energia exigida para o reforço das defesas imunológicas.

Fiquem atentos aos sinais do seu corpo. Nossa saúde é sem dúvida nosso maior patrimônio!

SERVIÇO:

DRA. LARA GARCIA | CRN 3373/1

Membro da Sociedade Portuguesa de Estudos da Obesidade (Lisboa/Portugal), Pós graduada em Nutrição Ortomolecular, Pós graduada em Obesidade e Emagrecimento, Pós graduada em Nutrição Materno Infantil.

Instagram: @laragarcia.nutricionista

(61) 3366-1821 e 98568-1000 (agende neste número a sua consulta online!)

SITE: www.laragarcia.com.br

1 Comentário

  1. Baixa imunidade: 5 sinais comuns | Baby Blogs Brasil

    4 de abril de 2020 at 06:30

    […] Estima-se que aproximadamente 70% da nossa saúde imunológica depende da nossa saúde intestinal e que o intestino faz frente à nossa … Ver artigo completo no Blog […]

Comente!