Maquiagem infantil: melhores produtos

Crianças não podem usar maquiagens convencionais nem mesmo de brincadeira, e as brincadeiras com maquiagens, quando acontecerem, devem sempre ter a supervisão de adulto. Ok. Sabemos disso.

Mas… (sempre tem um “mas”, rs!) Muitas meninas demonstram interesse pelas maquiagens das mães, e também chega a época do Carnaval, e acabamos dando uma certa “liberada” no uso de maquiagens.

Para garantir que a “brincadeira de gente grande” seja segura, a maquiagem infantil é a melhor opção. As linhas infantis focam apenas nos itens mais adequados ao uso por crianças, destinados às áreas dos lábios e bochechas, tais como brilhos labiais, batons e blush.

Confira no site da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) uma cartilha muito útil a respeito do assunto: http://portal.anvisa.gov.br/cosmeticos-infantis
A partir daí, os responsáveis pela criança, antes de permitirem a brincadeira com maquiagens e esmaltes, por exemplo, devem olhar se o número de registro está escrito na embalagem.

Isso dito, existem produtos que foram verdadeiramente feitos para crianças.

Um requisito básico para a maquiagem poder chegar ao mercado com as devidas certificações como produto seguro para uso infantil é que a fórmula tenha baixo poder de fixação, podendo ser facilmente removida com água.

É o caso por exemplo do kit Cara Pintada da Faber Castell, que sai fácil com água morna e sabão.

Somos fãs desse kit, temos aqui em casa especificamente para o Carnaval, e usamos há anos. Os lápis são testados dermatologicamente, muito macios, a tinta deles não escorre, e é feito para uso por crianças.

Os produtos da Beauty Brinq são licenciados Disney, e de acordo com a empresa, são seguros, testados, aprovados e certificados pela Anvisa.

Kit Maquiagem Infantil Elsa (Batom + Brilho Labial + Sombra)
Kit Maquiagem Infantil Moana (2 Batons + 2 Brilhos Labiais)
Kit Maquiagem Infantil Cinderela (Estojo + Batom + Brilho Labial)

 

As linhas Petit Sophie e Capricho, do Boticário, oferecem maquiagem hipoalergênica e testada por pediatras e dermatologistas para crianças e teens.

Markwins é uma marca britânica que pode ser encontrada em grandes redes de lojas de departamento. Os produtos formam películas retiráveis, os esmaltes são à base de água e não há a inclusão de vidro nas embalagens ou metais pesados na formulação.

Magazine Luiza

 

Então, além de se atentar para o registro da Anvisa, seguem mais algumas dicas sobre o que fazer quando sua filha pedir para usar maquiagem:

1. Conversar
Como em toda situação de dilema com os filhos, a melhor coisa a fazer é se conversar diretamente com a criança. Explique que você entende o interesse delas por maquiagem e combine que, enquanto estiverem em casa, podem experimentar maquiagem, de brincadeira. Uma sugestão é deixar a criança usar apenas um protetor labial colorido que possa dar um pouco de cor e brilho aos lábios sem a aparência do batom.

2. Defina limites
Cada criança é diferente e proibir o uso de maquiagem fará com que o interesse aumente. Quando elas começarem se interessar por maquiagem, você pode definir limites para que possam usar maquiagem em determinados horários e locais. Por exemplo, deixar usar maquiagem para uma festa específica de alguma amiguinha.

3. Beleza sem maquiagem
Lembre sua filha de que ela é bonita exatamente como é. Embora a maquiagem possa realçar nossa beleza exterior, nada é mais bonito que a autoconfiança. Ter uma boa auto-estima ajudará a orientar sua filha em qualquer um dos modismos, tendências e estilos que decida seguir.