Brincadeiras

A importância de dosar o uso do videogame para as crianças

A importância de dosar o uso do videogame para as crianças

A importância de dosar o uso do videogame para as crianças

É muito comum ouvir sobre como as crianças estão deixando de gostar dos brinquedos à moda antiga, como Lego, e de brincar ao ar livre. Ao invés disso, elas estão se interessando cada vez mais pelos jogos de aparelhos eletrônicos como computadores, tablets e videogames. Porém, essa preferência não é necessariamente prejudicial, sendo necessário apenas que os responsáveis consigam limitar o seu uso e estimular a criança a praticar outras atividades ao longo do dia.

Alguns especialistas já chegaram a conclusão de que os jogos de videogame e computador podem contribuir para o desenvolvimento das crianças. No geral, os jogos possuem uma variedade de sons, cores e estímulos que desafiam e incentivam a criatividade e a capacidade de percepção dos pequenos. Contudo, esses benefícios dependem diretamente de um uso moderado dos jogos.

Além disso, os especialistas também concluíram que a proibição de jogar videogame pode aumentar as chances da criança se tornar introspectiva e desenvolver sintomas como irritação, ansiedade e alterações bruscas no humor, o que torna essa escolha um risco para os pais.

Relação entre o videogame e as habilidades motoras e cognitivas

 

De acordo com um estudo desenvolvido no Hospital del Mar, na Espanha, com mais de duas mil crianças entre 7 e 11 anos, a quantidade de tempo dedicada ao videogame causa impactos tanto no comportamento, como também nas habilidades típicas do crescimento.

O resultado do estudo demonstrou que as crianças que jogavam videogame por cerca de uma hora por semana tiveram notas melhores na escola e apresentaram ótimas habilidades motoras. Aqueles que jogavam até duas horas por semana também tiveram resultados positivos. Em contrapartida, as crianças que passavam mais de nove horas por semana jogando obtiveram resultados preocupantes, com problemas de comportamento, dificuldades em conviver socialmente e em se relacionar com as outras crianças.

Segundo uma série de ressonâncias magnéticas do cérebro feitas ao longo desse estudo, os benefícios dos videogames acontecem pois eles conseguem estimular os circuitos cerebrais críticos das crianças. Como conclusão, o especialista envolvido nesse projeto, Jesus Pujol, destacou que os videogames não podem ser descritos como bons nem maus, pois é o seu nível de uso que os torna uma coisa ou a outra.

Tipos de jogos de videogame

Outro fator importante no impacto que os videogames exercem no desenvolvimento das crianças é o tipo de jogo. Atualmente, alguns dos jogos mais populares são os jogos de zumbis, mas esse estilo de game possui a temática adulta e não deve ser acessado pelas crianças.

Como mencionado anteriormente, os jogos influenciam no desenvolvimento cognitivo e motor, além do psíquico. Sendo assim, as crianças acabam absorvendo aquilo que é mostrado nos jogos. Os games com a temática violenta, principalmente, apresentam grandes riscos de causarem danos aos pequenos.

Portanto, os pais devem permanecer sempre atentos aos jogos que os seus filhos estão jogando, especialmente no ambiente online, em que a variedade disponível é muito ampla e pode acabar escapando do controle dos responsáveis. Mesmo que as crianças insistam, é importante se manter firme e permitir somente os jogos cuja classificação seja livre.

1 Comentário

  1. A importância de dosar o uso do videogame para as crianças | Baby Blogs Brasil

    27 de agosto de 2018 at 11:30

    […] Alguns especialistas já chegaram a conclusão de que os jogos de videogame e … Ver artigo completo no Blog […]

Comente!