Economia, Para Mamães

Coaching financeiro para mães

Coaching financeiro para mães

Coaching financeiro para mães

Nós já estamos na metade do ano de 2018! Como está, neste momento, o andamento das promessas de Ano Novo que você fez? Uma das minhas está em pleno vapor!

Todo ano eu prometo a mim mesma que vou aprender a lidar com dinheiro: não ser mais tão perdulária, gastar de forma consciente, não terminar o mês sem ter guardado dinheiro, e principalmente: ensinar minha filha Júlia a não ser gastadora como eu, a se organizar e ter metas. Isso eu tenho mostrado a vocês: fizemos juntas um cofrinho, ela vai passar a ganhar mesada no segundo semestre, tenho lido livros de educação financeira para crianças com ela… Definitivamente, 2018 foi o ano que eu tirei para finalmente transformar minha relação com o dinheiro,  ensinar minha filha a fazer diferente!

Eu já não estava conseguindo me organizar sozinha, e para chegar ao meu objetivo, procurei a Lúcia Stradiotti, que eu conheci na época do Conamãe, congresso para mães empreendedoras do qual fomos parceiras.

O trabalho da Lúcia é orientar mães na organização da vida financeira para transformarem, de forma saudável, a relação da família com o dinheiro, através de um olhar acolhedor (e muito! Completamente sem julgamentos, a Lúcia te deixa à vontade para falar das dificuldades com dinheiro) e inovador sobre as finanças.

Ela nos ensina que assumindo uma nova postura financeira, é possível ter mais tranquilidade e segurança diante dos desafios desta etapa da vida, ter harmonia nas relações familiares e maior autonomia para alcançarem sonhos e trilharem o caminho das realizações pessoais e profissionais, de forma saudável e sustentável.

A Lúcia trabalha com sessões individuais, como foi o meu caso. Nós marcamos reuniões semanais online (são 5), onde conversamos sobre dicas simples e práticas de organização financeira, mentalidade, relacionamento com o dinheiro, o lado emocional (o mais difícil. Tem gente que desconta tristezas e ansiedade na comida, né? Eu desconto nos gastos descontrolados, e assumir isso é muito difícil!), educação financeira para crianças, metas para realizar sonhos. O bom do trabalho com ela, é que a Lúcia é mãe também, entende nossas dificuldades, não julga em nenhum momento (muito importante!), não dá “broncas”, e me ajuda a lidar com as dificuldades com muito otimismo e entusiasmo! Diferente dos serviços de consultoria, que oferecem soluções para questões pontuais (por exemplo, organizar os gastos, dizer “aqui tá gastando demais“, “economiza nessa parte aqui“), no meu caso a Lúcia focou no aprendizado e na derrubada de crenças negativas (como “eu nunca vou conseguir economizar no fim do mês!“), e essa foi a parte que mais me marcou. Como nossas crenças podem nos paralisar e nos deixar sem vontade de mudar! A ajuda dela foi imprescindível nesta questão!

Nos encontros, a Lúcia passa ferramentas e exercícios que propõem uma tomada de atitude e reflexões que instigam a mudança da mentalidade. São algumas etapas: identificação dos pontos a serem trabalhados, tomada de consciência, organização e estabelecimento de metas, dando maior enfoque àquilo que estiver precisando de mais atenção no momento. Além do que é trabalhado durante os encontros, temos atividades a serem desenvolvidas de forma isolada. Durante esse período, ficamos com o telefone  dela, e sempre podemos entrar em contato por whatsapp, email ou nas redes, ela sempre retorna.

Além dos atendimentos individuais, ela tem uma lista de transmissão, onde aborda temas relacionados à educação financeira para mães e para a família, em conteúdos gratuitos semanais. Para participar, é só clicar nesse link (http://bit.ly/ListaFinancasMaternas), e enviar uma mensagem dizendo “Quero ser incluída na lista de finanças maternas!”

Tem sido um processo muito rico, de autoconhecimento e autodesenvolvimento. Não é fácil confrontar nossas crenças negativas, e ter alguém por perto que nos ajude com acolhimento é um alento!

É assim também com o dinheiro. Quer mudar o resultado? Trate a causa! Neste momento, você consegue identificar o que te impede de ter uma vida mais próspera? Esse é um dos objetivos do processo de orientação financeira! Apesar de parecer simplesmente racional, lidar com finanças é, em grande parte, uma questão emocional e energética. Identificar quais são as emoções e crenças relacionadas ao dinheiro que você carrega e que constituem seu modelo mental é o primeiro passo para melhorar seu relacionamento com as finanças e, assim, conquistar uma vida mais próspera, uma vida financeira mais fluida.

Não precisa fazer grandes sacrifícios. Não precisa de mudanças radicais. Comece com o primeiro passo!

Este processo é para você que:
-sente que precisa dar mais atenção à vida financeira;
-quer aumentar seu potencial financeiro e busca maior fluidez nas finanças;
-é mãe empreendedora e precisa de ajuda para a organização;
-está endividada e precisa se organizar.

Vale à pena!

1 Comentário

  1. Coaching financeiro para mães | Baby Blogs Brasil

    11 de junho de 2018 at 10:26

    […] Todo ano eu prometo a mim mesma que vou aprender a lidar com dinheiro: não ser mais tão perdulária, gastar de forma consciente, não terminar o mês sem ter guardado dinheiro, e principalmente: ensinar minha filha Júlia a não ser gastadora como eu, a se organizar e ter metas. Isso eu tenho mostrado a vocês: fizemos juntas um cofrinho, ela vai passar a ganhar mesada … Ver artigo completo no Blog […]

Comente!