Histórias de Inalar para transformar inalação em diversão

Histórias de Inalar para transformar inalação em diversão

O inverno tá quase aí e com ele vêm os problemas respiratórios. Muitas vezes, o melhor tratamento é a inalação. Mas quem tem criança pequena já sabe: esse é um momento dramático. Uma máscara estranha que solta ar, grudada no seu rosto. Não é por acaso que crianças pequenas odeiam fazer inalação. Se você é mãe, sabe disso! Mas e se essas máscaras virassem uma super galinha? Ou um porquinho campeão no futebol? E uma raposa famosa? Melhor ainda, um coelho dorminhoco?

A agência NBS criou para a clínica de pediatria Clin Kids, de São Paulo, o “Histórias de Inalar”. É um kit para diminuir a tensão da criançada durante as inalações, buscando transformar esse processo em algo divertid0.

Foram criados kits com uma máscara de personagem que se encaixa no inalador. Por meio do site Histórias de Inalar, a criança ouve, com fone de ouvido, via smartphone, uma história de um dos quatro personagens: raposa, porquinho, coelho ou galinha, enquanto faz o tratamento. Nos enredos, os animais também têm problemas como falta de ar ou tosse.

Cada áudio dura cerca de 12 minutos, o mesmo tempo médio de uma inalação. As histórias são assinadas pela escritora infantil Noemi Loureiro e com supervisão dos médicos especialistas da Clin Kids.

O número mínimo para produzir as máscaras em grande escala são 20 mil unidades. Se você quer levar uma ou mais máscaras para casa, colabore com o projeto, ajude a divulgar nas suas redes sociais. E fique tranquilo: caso a empresa não consiga atingir a meta, você recebe seu dinheiro de volta. Para contribuir: https://www.kickante.com.br/campanhas/historias-imalar

Ajudando o Histórias de Inalar, você vai receber uma máscara lúdica de um dos 4 personagens e uma máscara plástica padrão, que se encaixa na mangueira do seu inalador e transforma a criança em um personagem. Depois é só acessar o site historiasdeinalar.com e dar o play na história no seu smartphone.

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!