TEM que fazer, Viagens

Conhecendo o KidZania, em São Paulo

Conhecendo o KidZania, em São Paulo

Conhecendo o KidZania, em São Paulo

No começo deste ano, eu mostrei no Instagram @roteirobaby que comecei a educação financeira da minha filha Júlia, e pedi dicas de como dar mesada a ela: se atribuindo tarefas a serem pagas, ou dando mesmo uma mesada sem ela precisar realizar tarefas em casa. Por que eu comecei falando disso num post sobre um parque de diversões? Porque a Kidzania São Paulo não é um parque tradicional, é uma cidade em escala infantil que combina educação e diversão através de atividades realistas. A experiência lá é enriquecedora demais, porque as crianças “brincam de trabalhar” (podem escolher ser bombeiros, radialistas, enfermeiros, médicos, policiais, entregadores, chapeiros, cozinheiros, etc) e recebem um pagamento simbólico por isso – a moeda própria do Parque, chamada “KidZos”, sem valor fora da KidZania e sem possibilidade de ser trocada por reais ao fim do dia. Esse “salário” pode ser usado para comprar experiências (tocar em um estúdio, ir ao salão de beleza, fazer uma tattoo fake). Como parte do realismo da KidZania, as crianças colherão os benefícios ganhando conhecimento financeiro através do aprendizado de como orçar, gastar e economizar. Aprendem que cada trabalho tem um valor, que precisam fazer contas para saber se podem comprar o que desejam. É a pequena sensação de ser adulto, mas brincando! As crianças são as protagonistas, e podem participar a partir de 4 anos.

Ao entrar na KidZania, cada criança de 4 a 14 anos receberá 50 KidZos, e ao longo do dia recebem o “salário” das atividades que escolherem realizar. Eles então escolhem como gerenciam este valor ao longo de sua visita. Uma dúvida muito frequente é o que fazer os KidZos restantes no fim da visita. A criança pode gastá-los na loja de departamento do Parque, doar à Unicef, ou depositar a quantia no banco e usar o valor numa próxima visita. No banco, os KidZos depositados rendem 2% ao mês.

São 50 atividades disponíveis em uma área de mais de 8.500 metros quadrados. É diferente, divertido, mas cheio. Eu e minha família fomos numa 5a feira, véspera do feriado da Sexta-feira Santa, e as filas de alguns dos brinquedos mais concorridos chegaram a durar 1 hora.

A Kidzania brasileira fica no subsolo do Shopping Eldorado, e a bilheteria começa a operar uma hora antes da abertura do parque. O procedimento de check-in e colocação dos braceletes é obrigatório para todos os visitantes e, comprando o ingresso online e chegando antecipadamente, você realiza esse processo com tranquilidade e ingressa a tempo de assistir o show de abertura. A KidZania tem um limite de 1.200 pessoas por dia.

As atividades são exclusivas para as crianças. Não há a participação dos pais em nenhum momento, somente como expectadores.

Horários:
3ª feira a 6ª feira: 10h às 16h30
Super Tarde – 3ª feira a 6ª feira, de 13h às 16h30
Sábados, domingos e feriados: 12h às 18h30

Minha dica: entrou, vá para o banco trocar o dinheiro, e depois para a fila dos bombeiros. É uma das atrações mais legais: as crianças recebem um treinamento de brigada de incêndio e devem colaborar entre si para completar o treinamento e reagir a uma simulação de emergência.

Logo depois, vá para a fila dos paramédicos. Também bastante concorrido. Nesse, as crianças recebem treinamento de primeiros socorros e precisam ajudar uma “vítima” (uma criança escolhida no grupo de 6 crianças que entram por vez para a atividade).

Júlia está sendo alfabetizada este ano, então ela não pôde participar de algumas atividades que exigiam leitura rápida, como a universidade, a estação de rádio, a central de polícia investigativa, a agência de publicidade e o centro de tecnologia híbrida. Infelizmente, a fábrica de chocolates estava fechada para manutenção. Mas ela foi desenhista, fotógrafa, enfermeira, pizzaiola, entregadora, piloto de avião e médica.

Ela amou MUITO o dia na KidZania, e nós amamos ver que ela entendeu perfeitamente a questão de “trabalhei, por isso recebi salário; quero gastar, como planejo isso”? Foi muito válido!! Nós pais não podemos participar, mas acompanhamos o tempo todo e nos divertimos demais, só olhando o quanto ela estava amando.

Recomendado para crianças acima de 6 anos, porque a participação requer um pouco de autonomia e entendimento por parte delas. Como há atividades de preparação de pizzas e hambúrgueres que as crianças podem consumir no final, a alimentação está inclusa no preço do ingresso.

A KidZania é uma mini-cidade muito linda, limpa e onde as crianças se divertem com segurança! Já estamos programando retorno.

Comente!