Programação para quem não curte Carnaval

Programação para quem não curte Carnaval

Para quem não curte Carnaval, o próximo feriado também traz atrações para as famílias de Brasília!

Não perca as programações:

Show “Patrulha Canina ao Vivo”, com Cia Magia Produções
Teatro Brasília Shopping
Dias 10, 11 e 13 de fevereiro, sempre às 16h
A matilha mais amada do Brasil volta ao Teatro Brasília Shopping nos dias 10, 11 e 13 de fevereiro com um espetáculo de aventura e companheirismo. Liderados pelo pequeno Ryder, um menino de 10 anos que luta pelos ideais de outras pessoas e animais, os cãezinhos da Patrulha Canina não poupam esforços para salvar vidas e solucionar os problemas com muito bom humor e espírito de proteção. Envolvente e interativo, o espetáculo passa mensagens importantes sobre preservação do meio ambiente, amizade, companheirismo, cumplicidade. Cada filhote tem uma característica, mas juntos eles ressaltam como é bacana o trabalho em equipe e a prática da cidadania. Na trama, com duração de uma hora, o menino Ryder irá comandar mais um salvamento da Patrulha Canina.
Classificação indicativa livre
Ingressos: R$60 (Inteira) R$30 (Meia) – crianças de 2 a 12 anos, estudantes e idosos mediante apresentação de documento que comprove o benefício. Crianças de até 24 meses de idade não pagam
Vendas online:
10/02 (Sábado):
https://www.bilheteriadigital.com/patrulha-canina-ao-vivo-em-brasilia-10-02-10-de-fevereiro
11/02 (Domingo):
https://www.bilheteriadigital.com/patrulha-canina-ao-vivo-em-brasilia-11-02-11-de-fevereiro
13/02 (Terça-feira de carnaval):
https://www.bilheteriadigital.com/patrulha-canina-ao-vivo-em-brasilia-13-02-13-de-fevereiro
Informações: (61) 4003.6136/ (62)98207-0000

Teatrinho infantil “Chapeuzinho e o Lobo Bonzinho”, com a Companhia Mundo Fantástico
Casa dos Quatro – 708 Norte, Bloco F Loja 42, atrás do restaurante Xique-Xique. Apenas 50 lugares.
Dias 10 a 25 de fevereiro, sábados e domingos, às 16h
Chapeuzinho Vermelho, a menina boazinha que resolve desobedecer às ordens da mãe pra tomar um atalho pela floresta e acaba caindo no conto do Lobo Mau. Vovó, aquela para quem a menina deveria levar doces e acaba engolida pelo Lobo. Personagens clássicos, história clássica… Que hoje em dia perdem um pouco o sentido, né? Então a Companhia Mundo Fantástico repaginou tudo: vovó faz Crossfit; tem lobo sim, porém não só o Mau (há o Bonzinho também!) e muitas outras maluquices! A duração é de 60 minutos. De quebra, ao fim de cada apresentação, rolam sorteios de brindes!
Classificação indicativa livre
Ingressos: R$40 (inteira), R$20 (meia)

O CCBB-Brasília homenageia os cem anos do artista plástico Athos Bulcão com a exposição “100 anos de Athos”. Todos os finais de semana, crianças de todas as idades podem aprender mais sobre a mostra em cartaz por meio de contações de histórias, dinâmicas com músicas e atividades de artes visuais que levam o público a uma maior interação com a exposição. E as atividades não ficam restritas apenas aos sábados, domingos e feriados. Durante a semana, há visitas mediadas às galerias que fazem com que os visitantes desvendem o universo da exposição. Também há atendimento em Língua Brasileira de Sinais ─ Libras. Basta ligar e agendar a visita, é gratuito também. Para a exposição “100 anos de Athos”, em cartaz até 01 de abril, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil encarou como desafio o pensamento do artista na criação de suas obras. Para isso, educadores elaboraram atividades que ampliam as leituras e os diálogos com as obras expostas na mostra por meio da música, da pintura, do teatro e da imaginação em contações de histórias e leituras compartilhadas. As atividades são voltadas, também, para toda a família.
PROGRAMAÇÃO:
*Em Cantos e Contos
Por meio de histórias, o ser humano conhece o mundo à sua volta, a sua identidade e até mesmo o que nunca imaginou antes. Embalando os visitantes com contos, músicas, bonecos e objetos cotidianos, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil vai apresentar universos relacionados às obras de Athos Bulcão.
Sábados, domingos e feriados, às 11h e às 15h | Faixa etária: livre | Área externa do CCBB, próximo à recepção central | Não é necessário retirar senha.
*Visita Teatralizada – No Museu BB
Um lugar, uma cidade e suas pessoas, um prédio e seus objetos podem dar vida a muitas memórias e permitir as mais diversas experiências entre seu conteúdo e o público. Pensando em ampliar esse momento, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil leva o público ao Museu BB para dar vida a essas histórias e objetos. Com os atores e músicos, a cidade de Brasília, o CCBB e seu acervo viram personagens instigantes e divertidos e trazem ao público uma experiência lúdica, sonora, cênica e de movimento.
Sábados, domingos e feriados, às 13h | Faixa etária: Livre | Museu BB | Sujeito à lotação do espaço.
*Pequenas Mãos
Com jogos e espaços lúdicos, os pequenos visitantes e suas famílias terão a oportunidade de recriar suas interpretações sobre seus momentos na exposição.
Sábados, domingos e feriados, às 14h | Faixa etária: famílias com crianças de 3 a 6 anos, limitado a 8 crianças e seus acompanhantes | Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.
*Musicando
A música é uma das linguagens artísticas que mais toca as pessoas e que, por ser imaterial e abstrata, nos permite imaginar e criar o indizível. Por isso, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil acredita que ela também deve estar relacionada às exposições de artes, transformando a tradicional relação de apenas observar as obras.
Sábados, domingos e feriados, às 16h | Faixa etária: a partir de 7 anos, limitado a 15 crianças e seus acompanhantes | Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.
*Livro Vivo
Cada livro é um universo de sons, cores, formas, palavras, imagens, personagens e histórias. Mas será que é possível vivenciar esses universos? Por meio da leitura compartilhada com toda a família o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil encoraja a essa imersão, onde o livro também se torna um objeto de mediação entre o conteúdo da exposição e o visitante.
Sábados, domingos e feriados, às 16h | Sala do Educativo no Museu BB | Faixa etária: Livre | Não é necessário retirar senha.
*Laboratório de Artes Visuais
Permite aos visitantes a aproximação da exposição de maneira a descobrir os materiais e as técnicas que foram vistas ao longo das obras, de maneira divertida e instigante.
Sábados, domingos e feriados, às 17h | Faixa etária: a partir de 7 anos, limitado a 10 crianças e seus acompanhantes | Sala do Programa Educativo | Retirada de senha com meia hora de antecedência.

CINEMA

As animações acima divertiram e emocionaram toda a família! Elas estão concorrendo ao Oscar 2018 de Melhor Animação! Para qual você daria a estatueta? Em Viva, a Vida é uma Festa, Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas precisa lidar com sua família, que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar. Classificação indicativa livre. Já em O Touro Ferdinando, Ferdinando é um touro calmo, que não gosta de brigar com outros animais. Porém, ele é confundido com um touro bravo e escolhido como o maior e mais rápido animal para participar das touradas de Madri. Classificação indicativa livre.

Ainda não assistiu a nenhum deles? Então aproveite o fim de semana prolongado de Carnaval para ir ao cinema! Além desses dois filmes, os filmes abaixo também estarão em cartaz no feriadão:

– Encolhi a Professora: Felix arma um plano contra a diretora carrasca da escola onde estuda, Frau Dr. Schmitt-Gössenwein. Sem querer, o jovem acaba encolhendo a diretora. Classificação indicativa livre.

– Fala Sério, Mãe! Ângela Cristina, mãe da adolescente Maria de Lourdes, precisa lidar com as dificuldades e delícias de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. Ela vive uma montanha-russa de emoções, medos e frustrações. Por outro lado, a filha, Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações. Classificação indicativa: 12 anos.

– Jumanji – Bem vindo a selva (também em 3D): Quatro adolescentes estão jogando um jogo de videogame que se passa numa floresta. Num momento inesperado, os jogadores são transportados ao universo fictício no lugar dos avatares escolhidos. Classificação indicativa: 12 anos.

– O Extraordinário: Garoto que nasceu com uma deformação facial tenta frequentar a escola pela primeira vez e viver uma vida normal. Classificação indicativa: 10 anos.

– Paddington 2: Após ser adotado pela família Brown, Paddington ganhou muita popularidade na comunidade de Windsor Gardens. No aniversario de 100 anos de sua tia Lucy, esse simpático ursinho sai em busca do presente perfeito e acaba encontrando um livro único na loja de antiguidades do senhor Gruber. Paddington se submete a uma série de trabalhos bizarros para poder comprá-lo, e quando o livro é roubado, ele e sua família farão de tudo para encontrar o ladrão. Classificação indicativa livre.

– Peixonauta, o Filme: Doutor Jardim não retorna de uma visita à cidade, e Peixonauta, Marina e Zico partem do Parque das Árvores Felizes para resgatá-lo. Quando chegam lá, algo muito estranho está acontecendo: todos os habitantes da cidade sumiram. Classificação indicativa livre.

 

 

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!