Festival Curta Brasília 5a Edição

Festival Curta Brasília 5a Edição

O 5º Curta Brasília – Festival de Curta-Metragem de Brasília será realizado entre 15 e 18 de dezembro de 2016, no Cine Brasília (EQS 106/107), com uma programação gratuita formada por duas mostras competitivas (curtas-metragens e videoclipes) e diversas mostras temáticas, entre outras atividades.

Uma das mostras temáticas é a mostra infantil Calanguinho, que acontece no domingo, 18/12, às 10h30, e exibe curtas feitos para sensibilizar e encantar o público infantil com histórias e representações envoltas em universo lúdico, instigando nos jovens espectadores a curiosidade pelas artes e para sentimentos como amizade e respeito ao próximo. Para assistir e sonhar.

PROGRAMAÇÃO:

Domingo, 18 de dezembro, às 10h30:

virando_gente01

Virando Gente (SP) 2013
Dir: Analúcia Godoi. Com Arnaldo Mendes. Anim, 10 min, classificação indicativa livre.
Um menino chamado Bruno conta como começou a perceber a si mesmo e o mundo desde quando ainda estava na barriga de sua mãe.

 

caminho-dos-gigante-2

Caminho dos Gigantes (SP) 2016
Dir: Alois Di Leo. Anim, 12 min, classificação indicativa livre.
Em uma floresta de árvores gigantes, Oquirá, uma menina indígena de seis anos, vai desafiar o seu destino e entender o ciclo da vida.

 

o-jovem-principe-1

O Jovem Príncipe (BA) 2015
Dir: Ducca Rios. Com Evelin Buchegger (narração). Anim, 3 min, classificação indicativa livre.
O Jovem Príncipe pede ao Rei que lhe dê um pônei. Eles vão ao bosque e várias criaturas encantadas se apresentam ao garoto, que opta por um pônei cinza e magro, mostrando que a amizade e o carinho não são baseados na aparência.

 

o-ultimo-natal-diretor-fauston-da-silva

O Último Natal (DF) 2016
Dir: Fáuston da Silva (DF) 2016. Fic, 25 min, classificação indicativa livre.
Duas crianças ficam tristes por terem que passar sozinhas a noite de Natal. Mas recebem uma mágica visita.

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!