Berçário do Zoo de Brasília

Berçário do Zoo de Brasília

Os visitantes do zoológico agora poderão morrer de fofura! Um berçário de bichinhos começará a funcionar a partir de hoje, 04/12! Em um prédio circular cercado por amplas janelas, os pequenos filhotes se desenvolvem às vistas dos frequentadores. Cheios de carisma, pequenos mamíferos, aves e répteis são preparados para a readaptação à natureza.

Antes não havia uma estrutura técnica organizada que atendesse aos animaizinhos. Segundo o diretor-presidente da Fundação Jardim Zoológico de Brasília, Gerson Norberto, o berçário potencializará recursos financeiros e humanos e centraliza os cuidados com os filhotes do parque ou dos que chegam apreendidos por ações de combate ao tráfico de animais. A estimativa é poder auxiliar cerca de 250 crias por ano até que fiquem independentes.

A intenção é preparar os bichinhos para que integrem o programa de conservação do zoo, que promove a readaptação e a soltura em áreas previamente mapeadas pelo GDF. “Neste aniversário queremos fortalecer justamente essa função conservacionista do zoo, com educação ambiental. Hoje, temos 826 animais e 120 estão prontos para serem soltos. Com o berçário, será possível direcionar a reprodução e fortalecer essa característica”, explicou Gerson Norberto.

Antes mesmo da inauguração, o berçário já despertava olhares curiosos. Os visitantes se derretiam com os filhotes. “De início, dá dó de ficarem presos, mas são muito fofos. Vejo que estão sendo cuidados”, ponderou a historiadora Danielle Queiroz, 20 anos. O diretor-presidente da fundação, porém, quer que essa visão de dó seja substituída por um reconhecimento do trabalho de conservação. Para as crianças, só alegria.

O prédio de 70,88 m² era uma biblioteca subutilizada, próximo ao Centro Multifuncional de Acessibilidade. Por enquanto, os frequentadores somente poderão acompanhar pelas janelas. O local precisará de reforma para acessibilidade.

Serviço

O Zoo de Brasília funciona de terça-feira a domingo e feriados, das 9h às 17h, exceto em feriados especiais, como Quarta-Feira de Cinzas, Natal e Ano Novo. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Adultos e crianças até 12 anos pagam meia de terça a quinta-feira. De sexta a domingo, têm direito à meia entrada crianças de 6 a 12 anos, estudantes, beneficiários de programa social do governo e seu acompanhante, professores e idosos. Para pessoa com deficiência e seu acompanhante e crianças até 5 anos de idade, a entrada é gratuita.

[Via Jornal de Brasília]

Autoria de Mari Oliveira

Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line.
Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line.
No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”.
Eles estavam certos!