Projeto Circuito de feiras do livro do DF

Imagem “Children reading books at park against trees and meadow in the park”. Via Shutterstock. Cópia não autorizada.

Fomentar o hábito da leitura e torná-la prazerosa a todas as idades, além de aproximar a literatura de artes performáticas como teatro, música e arte urbana são os objetivos do projeto Circuito de feiras do livro do Distrito Federal. As ações acontecem nos meses de março e abril em diversas regiões do DF, sendo três dias de evento para cada região administrativa.

Escritores e demais artistas conversarão com o público sobre a arte literária sempre após os espetáculos e contações de histórias. O objetivo é envolver as crianças e jovens da cidade no universo da literatura e incentivar a produção literária local através de contação de histórias, debates, saraus, oficinas de criação e apresentação dos escritores. A ideia é que projetos como este possam incentivar e manter o hábito da leitura, possibilitando o acesso à criação brasiliense, crescimento de leitores e escritores livreiros, além de e expandir as feiras de livro para um público cada vez maior. As feiras serão montadas, preferencialmente, em bibliotecas públicas e as atividades fazem parte do Plano do livro e da leitura do DF e também do Plano nacional do livro, leitura e literatura.

20160306190403608262i

Com entrada gratuita e abertos ao público, os encontros do Circuito de Feiras do Livro do DF serão em Brazlândia, em Ceilândia, no Gama, no Guará, no Núcleo Bandeirante, no Paranoá, em Planaltina, em Taguatinga e no Varjão. João Bosco Bonfim Neto, curador do circuito, afirma que o projeto pretende deixar uma experiência positiva, em que será possível que crianças, jovens e adultos se encontrem com artistas literários de diversos estilos.

“Esperamos gravar na memória dessas pessoas o quanto a leitura é prazerosa, em primeiro lugar. Levaremos histórias, poesias e escritores contemporâneos. Literatura é uma coisa viva. Faz parte da vida. Pulsa. Claro que esperamos que, na sequência, esse afeto pela literatura siga sendo cultivado nas escolas e nas casas dessas pessoas”, declara. O objetivo do atual secretário de cultura, Guilherme Reis, é levar as feiras justamente para os lugares onde há menos estímulo para a literatura, fora do tradicional circuito do Plano Piloto.

6143_925698380812894_1453546790180170115_n

[Fonte: Correio Braziliense]

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!