Que tal ajudar o último Cine Drive-in da América Latina?

Que tal ajudar o último Cine Drive-in da América Latina?

Você sabia que o único drive-in ainda em operação no país fica em Brasília? O nosso Cine Drive-In fica ali na Área Especial do Autódromo, no Eixo Monumental, ao lado do Estádio Nacional Mané Garrincha. Inaugurado em 25 de agosto de 1973, o local tem 15 mil metros quadrados de área asfaltada, telão de concreto medindo 312m2, acomoda 500 carros, tem lanchonete e garçons, e o som do filme é obtido por frequência de rádio (FM 88,7). É um programa super legal para se fazer com as crianças: estacionar o carro ali, e assistir aos filmes – volta e meia tem filme infantil passando na tela gigante do drive-in (atualmente o filme infantil em cartaz é “Hotel Transilvânia 2”), pedir um lanche e aproveitar a experiência de se ver um filme dentro do carro. Para chamar o garçom basta acender o farolete. Eu adoro ir com minha filha Júlia e as amiguinhas da escola, levar um edredon bem grande e macio, abrir o porta-malas e ver o filme comendo pipoca. O áudio do filme é sintonizado pelo rádio do carro, por uma estação de rádio específica.

11937432_935511536495233_5342136977163902496_n

Júlia e uma amiguinha da escola assistindo a “Divertida Mente” no porta-mala do carro, no Cine Drive-In de Brasília.

O Cine Drive-In sobreviveu a diversas tentativas de fechamento, mas apesar das dificuldades, a atração turística resiste. Recentemente, o local adquiriu, com a ajuda da Ancine (Agência Nacional de Cinema), um projetor digital. Afinal, para conseguir películas de lançamentos, era preciso ir até São Paulo, o que demorava e fazia com que o drive-in ficasse fora do circuito de cinemas, perdendo espectadores para estabelecimentos mais modernos que exibiam filmes de forma imediata.

“Bom”, você deve estar pensando, “com o projetor novo está tudo resolvido, né?” Infelizmente, não. O Cine Drive-in precisa de dinheiro. A compra do equipamento digital – mesmo com o apoio da Ancine – fez com que o local assumisse uma dívida de 200 mil reais. Sem contar que a manutenção do projetor, como a troca de suas lâmpadas, que também custa caro.

Para se manter aberto, o cinema está lançando uma campanha de financiamento coletivo no site Kickante, que prevê a arrecadação de R$ 250 mil.

Dependendo do valor doado – de R$10 a R$5 mil -, existe uma recompensa, que vai desde adesivos temáticos, ingressos e baldes de pipoca até carteirinhas VIP durante 6 meses ou um ano e vaga cativa com placa de agradecimento. Faltam só 30 dias para o fim da campanha. Para contribuir, acesse este link.

Que tal ajudar o último Cine Drive-in da América Latina?

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!