wecanblogit

wecanblogit

Melhores textos sobre maternidade

Todo mês, separamos aqui os melhores textos sobre maternidade que encontramos em nossas andanças pela rede. No mês de outubro, os textos que mais chamaram a nossa atenção foram estes:

Barbie e o novo ideal de mulher (Ivan Martins, revista Época): “É uma óbvia jogada de marketing, mas, por trás dela, existe algo maior: o mundo se move tão visivelmente para dar mais poder às mulheres que todos que têm algum interesse nessa história tentam avançar na mesma direção.”

A mídia diz que você precisa ser magra. E agora, magra também no pós-parto (Rita Lisaukas, Estadão). “Claro que há mulheres que conseguem voltar à velha e boa forma dez dias depois do parto mesmo sem fazer nada – e aí não foi a tal determinação que ajudou e sim a genética ou um histórico de muito exercício físico e alimentação regrada, o que deve ser o caso da nutricionista. A ela e a todas as mulheres que conseguem tal feito e que acham importante recuperar o ‘corpo de antes’ em tão pouco tempo: meus parabéns. Mas saibam, e esse é o ponto mais importante: vocês são a exceção e não a regra.”

A fuga para se encontrar (por Camila Goytacás – texto de 2013, mas lido em outubro de 2015 e ainda muito atual). “Antes de ter filhos, eu não entendia como uma mulher poderia dizer que não tinha tempo para si desde que teve seu bebê. Não compreendia como um ser tão pequeno poderia ocupar tanto o dia de modo a deixá-la sem condições de fazer mais nada. Me tornei mãe e não demorou muito para entender porque a mãe de bebê acha tão difícil cuidar de si.”

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!