Pipocando Poesia no Jardim

Realizado com sucesso desde 2008, o Pipocando Poesia é um sarau itinerante, interativo e performático que já virou queridinho dos brasilienses. No ano passado, percorreu os jardins do Centro Cultural Banco do Brasil na companhia de Manuela Castelo Branco, Elisa Lucinda, Marina Mara, Patrícia Del Rey e Juliano Cazarré. Em 2015, o projeto que sugere a troca de um verso por um saquinho de pipocas, novamente irá explorar a parte externa do CCBB com uma edição especial no Dia das Crianças (12 de outubro). A partir das 16h30, a alegria dos pipoqueiros-poetas e da palhaça Matusquella tomará conta de quem passar pelo espaço.

Já em novembro, Fabrício Carpinejar, Vinicius Borba, Noélia Ribeiro e Luis Turiba – poetas renomados no cenário local e nacional – serão convidados a fazer a poesia circular e cair na boca do povo.

Time de peso – Atriz, roteirista, escritora, musicista, produtora cultural e poetisa, Manuela Castelo Branco é a responsável pelo projeto. Tem diversos livros de poesia publicadas e é conhecida também como Palhaça Matusquella, personagem que encarna com sucesso há 17 anos na cidade.

Já Fabrício Carpinejar, um dos poetas mais festejados da atualidade, é professor e jornalista, mestre em Literatura Brasileira e autor de mais de vinte obras. Recebeu diversos prêmios como Prêmio Fernando Pessoa, Prêmio Nacional Olavo Bilac, Prêmio Jabuti e Prêmio Açorianos de Literatura (2001 e 2002). Participa semanalmente do programa Encontros com Fátima Bernardes, na TV Globo.

Fabrício Carpinejar
Nesta edição, o poeta vai emprestar seu nome a um novo sabor de pipoca. Já são 13 sabores diferentes, todas homenageam poetas brasileiros numa apropriação deliciosa das características estéticas de cada um. Por exemplo, Jorge Amado (canela), Elisa Lucinda ( chocolate com gengibre) e Nicolas Behr (pequi).

Poeta, ator, jornalista, blogueiro e produtor do Sarau Radical. Este é Vinicius Borba. Há cerca de 10 anos ele atua com poesia e literatura divergente nas periferias e grandes centros urbanos. Iniciou agitações pelo grupo Radicais Livres S/A de São Sebastião (DF), grupo no qual ainda milita. Hoje é também articulador de Comunicação do Coletivo Palavra e produtor cultural de projetos voltados para cybercultura e artes em geral.

Nascida em Recife, Noélia Ribeiro foi muito pequena para o Rio de Janeiro. Aos nove anos, escreveu seus primeiros versos. Aos 12 mudou-se para Brasília, onde mora até hoje. Estudou Letras na UnB, graduando-se, primeiramente, em Língua Portuguesa e, posteriormente, em Língua Inglesa. Já fez parte de coletâneas de poetas como “Salada Mista” (com os poetas José Sóter e Paulo Tovar); “Talento em Prosa e Verso” (organizado pela REBRA); “Fincapé” (Coletivo de Poetas), entre outras, e teve poemas publicados em jornais da cidade. É presença ativa em recitais, saraus e movimentos poéticos realizados em Brasília. É mais conhecida como Nonô, devido à canção Travessia do Eixão, de autoria de Nonato Veras e do poeta Nicolas Behr, cantada pelo grupo Liga Tripa e gravada pela banda Legião Urbana.

Luis Turiba é poeta e Jornalista. Nasceu em Pernambuco, em 1950, e vive em Brasília desde 1979, tendo recebido o título de Cidadão Brasiliense pelos serviços prestados à cultura da cidade. Sua estreia na poesia se deu pela publicação do livreto Kiprokó em 1977. Recebeu o Prêmio Candango de Literatura do Governo do Distrito Federal, em 1998, pelo livro-CD Cadê.

Além desses poetas convidados, a turma do Pipocando Poesia é formado por artistas locais. Cineasta, diretor e ator, Marcelo Nenevê foi um dos primeiros pipoqueiros-poetas a participar do projeto. Junta-se a ele Maria Garcia. Atriz de teatro e cinema, ela é especialista em poesia infantil. Já Laura Moreira é poeta, professora universitária (Teatro IESB) e atriz; tem a fama de ter uma boa memória e saber poemas longos e elaborados.

E claro, o leitor é convidado e estrelar pelo menos um pouquinho esse espaço poético criado pelo carrinho de pipocas e de poesias.

Novidades – Fora as apresentações interativas e poéticas, nesta edição o projeto inicia uma série de vídeos-poemas que homenageam a cidade e os poetas de Brasília. Para conferir basta acessar o site do projeto: http://www.pipocandopoesia.com/

PROGRAMAÇÃO:

OUTUBRO
12/10 (segunda-feira)
Matusquella e pipoqueiros

NOVEMBRO
14/11 – Fabricio Carpinejar ( sábado)
15/11 – Vinicius Borba (domingo)
21/11 – Noélia Ribeiro (sábado)
22/11 – Luis Turiba (domingo)

SERVIÇO:

Pipocando Poesia
Data: 12 de outubro e 14,15, 21 e 22 de novembro
Horário: 16h30
Local: Jardins do CCBB
Entrada franca

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!