Reflexões

Melhores textos sobre Maternidade: Março de 2015

wecanblogit
 

“Os bons filhos são aqueles que nos trazem problemas”. Em seu novo livro, o psicólogo português Eduardo Sá faz uma crítica às escolas e aos pais. Avisa que “errar é aprender” e que as crianças não devem ser educadas para se tornarem “modelos normalizados”.

Cuidado: não é apenas brincadeira de criança. “Fiquei me perguntando até que ponto o que chamamos de “ser caloroso” e “acolhedor” ao falarmos do “brasileiro” está de fato relacionado a afeto. Não seria este jeito de ser (ou forma de atuar) mais um sintoma de uma cultura permissiva que nos dá o direito de avançar em território alheio? Vou além: até que ponto a corrupção descarada, ostensiva (e tolerada) praticada no Brasil também não é fruto dessa cultura que confunde público e privado e que mistura o que é seu com o que é meu?” 

Te desejo um filho. “Ninguém é obrigado a ter filhos. Existe uma pressão para que as pessoas reproduzam-se. É a eterna inquietação do ser humano: se tá namorando, quando vai casar; se tá casado, quando terá filho; se já tem um, quando terá outro. E vai. Mas cada um tem suas escolhas e precisa conviver com elas. (…) Mas ter um filho é uma transformação.”

Comente!