roteiro-baby-mãe-desconectada-shutterstock

roteiro-baby-mãe-desconectada-shutterstock

Deixar a tecnologia de lado pode parecer impossível até mesmo para as crianças.

Mas pense sobre ficar longe das telas por 24 horas, no mínimo e verá que, de vez em sempre, isso faz um bem danado para a saúde e para as relações familiares!

1- Descansar a vista

Ficar com os olhos vidrados no smartphone, no tablet ou no computador o dia inteiro não é raridade já há alguns anos. Deixar esses aparelhinhos parados na gaveta por um dia vão dar um descanso aos seus olhos e aos olhos dos seus filhos.

2- Olhar a paisagem
Estar num lugar lindo e perder toda a paisagem por estar postando nas redes sociais é um tanto estranho, né? Aproveite esse dia sem telas para olhar o horizonte onde quer que você esteja – na estrada, na praia, no campo ou até mesmo na janela de casa.

3- Conversar com a família
Parar com as respostas monossilábicas e conversar de verdade com a família parece algo raro hoje em dia. Substituir os aplicativos de mensagem instantânea pelo olho no olho com certeza vai fazer seu dia melhor.

4- Aproveitar o momento
Sabe quando tem aquele show incrível ou uma queima de fogos inesquecível, mas metade do público está filmando e assistindo tudo por aquela telinha do celular? Pura perda de tempo. A regra aqui é aproveitar muito o momento!

5- Reparar nos detalhes
Ver a cor das folhas, sentir o cheiro de terra molhada… São tantos detalhes que nós perdemos por estarmos conectados o tempo inteiro que às vezes nem nos lembramos de como eles são importantes.

6- Brincar
Nada de baixar um joguinho novo ou de passar a tarde toda no videogame. A ideia nesse dia sem tecnologias é estimular as crianças a brincar de verdade. Correr, pular, jogar bola, subir em árvore e se sujar bastante, como deve ser na infância.

VEJA AQUI: 50 posts com dicas de brincadeiras para fazer com seu filho

Fonte.

Autoria de Iza Garcia
"Já quis ser 'médica de criança', pipoqueira e costureira. Cursei inglês, italiano, castelhano, mas só falo português. Fiz Direito e Ciência Política, e curto ser blogueira. Desde 11/10/2010 sou "MÃE DA BRUNA" e realizada ao descobrir algo p/ ser a vida inteira".