0a77ccf

unnamed (2)

Há algum tempo atrás, eu compartilhei AQUI que tinha matriculado minha filha Júlia às pressas numa escolinha porque a babá dela de repente me pediu demissão, e que na época eu dei uma renovada nas roupas dela, comprando bastante roupinhas para o dia a dia, para usar na escola, no site Tricae.

Desde aquela época, com o cadastro que fiz, que sempre recebo cupons com novidades, e sempre gosto bastante de comprar com eles. Desde que me tornei mãe, o tempo ficou escasso, e eu sempre tenho preferido comprar online porque escolho com calma, em casa, e recebo também em casa, com comodidade e sem ter que enfrentar shopping lotado, com filas imensas nas portas das garagens (e agora que estamos às vésperas do Natal elas já começaram, vocês já viram?) ou nos caixas das lojas, ou sem ter que ir correndo em alguma loja no único horário disponível que tenho no dia, que é a hora do almoço. Agora, para o Natal, me antecipei e entrei de novo na loja virtual Tricae para comprar presentes de Natal para as crianças com as quais temos mais contato. E como tenho insônia, mais uma vantagem: no site eu entro a hora que eu quiser, até de madrugada.
Mais uma vez, super tranquilo e muito satisfeita: comprei brinquedos e roupas de boas marcas, com bons preços, e entrega rápida (tudo chegou dentro de 6 dias).
tricaefrozen

Sapatilha Frozen para a Júlia

tricae1
tricae2
tricae3
Recomendo bastante. A variedade de produtos e os preços compensam, a comodidade e o compromisso da loja também.
E como sabemos que fazer umas comprinhas é bom, mas com desconto é melhor ainda, este mês fizemos uma parceria com o site e eles ofereceram 10% de desconto para os nossos leitores. Basta inserir o código RoteiroBaby10 ao final de suas compras. Esse desconto está valendo até 31 de janeiro de 2015! Aproveitem!!

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!