agent

Quero apresentar a vocês um projeto de educação financeira muito interessante, que chegou há pouco no Brasil, mas que no exterior já atinge muitas crianças, inclusive como ferramenta dentro de escolas do Chile.

Trata-se do portal Agent Piggy que ensina educação financeira para crianças com a ajuda de um “porquinho online”.

A ideia é que pais e filhos acessem juntos (cada um com seu login) e aprendam a administrar a mesada – que só é liberada por meio da realização de funções, por exemplo guardar os brinquedos, para que os pequenos entendam que o dinheiro não vem de graça! Lá eles também aprendem a gastar e doar, além de poupar.

A ideia do projeto é trabalhar os conceitos financeiros básicos e hábitos (como poupança e gastos responsáveis) com as crianças, tornando isso fácil e gostoso de empregar. Isso faz com que os conceitos entrem facilmente na cabeça da criança e os resultados serão carregados pela vida toda, formando adolescentes e adultos que consomem, gastam e poupam de forma consciente.

O grande foco são as crianças. Assim que elas começam a usar a plataforma, o sistema cria automaticamente três contas onde a elas colocam o dinheiro que ganham: gastar, poupar e doar. Além disso, as crianças podem criar e colocar na plataforma seus objetivos financeiros, para os quais desejam poupar, tornando a experiência mais tangível e específica. Na plataforma, os pais também podem criar tarefas pelas quais as crianças são responsáveis em casa, desde as básicas, como estudar, até as que possuem recompensa, como lavar a louça, por exemplo. Isso faz com que a criança entenda que o dinheiro não vem facilmente e que exige trabalho. Quando ela entende isso, fica mais fácil dar valor ao que ganha, desde a mesada até os presentes que os pais costumam dar.

Na fanpage, o Agent Piggy dá dicas diárias de educação financeira e oferece um sorteio de 05 licenças grátis de um ano para que os brasileiros possam conhecer o Portal: http://yesganhei.com/sorteios/54371.

Autoria de Iza Garcia
"Já quis ser 'médica de criança', pipoqueira e costureira. Cursei inglês, italiano, castelhano, mas só falo português. Fiz Direito e Ciência Política, e curto ser blogueira. Desde 11/10/2010 sou "MÃE DA BRUNA" e realizada ao descobrir algo p/ ser a vida inteira".