smartpjs

 

A notícia saiu no Estadão dia desses: Juan Murdoch, americano, 46 anos, pai de seis filhos, criou um pijama capaz de contar histórias de ninar para as crianças. Funciona assim: as estampas do pijama são QR Codes e ao passar a câmera do smartphone ou tablet por esses desenhos os pais acessam historinhas que tradicionalmente estariam apenas nos livros infantis.

O empreendimento, ainda pendente de patente, pretende ser a primeira e única companhia mundial a fabricar o pijama interativo e se chama Smart PJs. Já tem site e vende pijamas para meninos e meninas ao preço de US$25. Cada pijama vem com 47 códigos, ou seja, 47 historinhas clássicas de ninar, dos Irmãos Grimm a Hans Christian Andersen. Além disso, o pijama ensina lições sobre 47 animais, com 5 figuras de cada animal, que vão aparecendo no tablet ou no smartphone. AQUI tem um vídeo em inglês dizendo como funciona.

Deu polêmica na Internet… Críticas em peso demonizaram o invento, dizendo que é um uso desnecessário da tecnologia por pais preguiçosos. Que torna o ato de colocar os filhos para dormir menos humano e mais mecânico, e que ler para os filhos dormirem é um ato importante de carinho que vai criar memórias gostosas de infância para sempre nas crianças (e é mesmo!). O inventor se defendeu, dizendo que o pijama não prescinde do contato humano já que serão os pais que vão usar o smartphone ou o tablet para escanear os códigos que darão acesso às historinhas (como na foto acima). Disse ainda que seus próprios filhos amam os pijamas…

E aí, o que vocês acharam? Comprariam um pijama desses?

Autoria de Mari Oliveira

Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line.
Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line.
No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”.
Eles estavam certos!