Quando a Iza me relembrou sobre este post, com as coisas que eu carrego na bolsa da Júlia (1 ano e 7 meses), #euconfesso que instintivamente a minha reação foi, “A minha bolsa? Mas por que?”. Porque agora eu sou blogueira também! rs! Então, vamos lá.


Eu tenho duas bolsas para levar as coisas da Júlia, uma para passeios mais curtos – que eu comprei em Miami quando viajei para fazer o enxoval – e uma maior para quando ela passa o dia na casa dos avós.  A bolsa para passeios curtos eu comprei na loja Buy, Buy Baby porque gostei do esquema de cores, e não sei a marca dela (é a marrom com vermelho que aparece no banner acima).

Nessa bolsa, eu sempre coloco, no bolso de fora:
– 6 fraldas: Turma da Mônica Soft Touch Max ou Huggies Up&Go (que recomendei AQUI);
– Bepantol;
– Lencinho umedecido Pampers Sensitive;
– Um vidrinho de alcool gel;
– um pacote de saquinhos de lixo (para embalar as fraldas sujas e jogá-las fora);
– um porta-cotonete (comprado em loja de 1,99);
– perfume em spray da linha Boti, do Boticário, que veio neste kit que a Júlia ganhou de presente;
– o carregador do meu telefone, para nunca ficar sem bateria (para que eu não perca nenhuma foto, ou Júlia possa assistir aos vídeos dela ou brincar nos apps dela nos momentos de mais “tensão”, digamos assim, rs!).
No bolsão principal, eu levo duas mudas de roupa (uma de calor, outra de frio); 2 sapatilhas Puket com antiderrapante; um par de meias; uma blusa para mim (dica preciosa de uma amiga, já que acidentes acontecem!); Camomilina-C (porque Júlia ainda tem dente nascendo e se incomoda). Hoje em dia também tenho saído com algum pijama (recentemente comprei da marca Get Baby, como recomendei AQUI) e uma almofadinha de pescoço, porque pode ser que fiquemos até mais tarde na rua, e Júlia dorme no carro na volta pra casa (ela mesma coloca a almofadinha no pescoço, se aconchega e dorme. FOFA!!). Quando acontece de ficarmos até mais tarde na rua, eu a coloco na cadeirinha do carro já de fralda trocada e pijama, e quando chegamos em casa, eu só a deito no berço e limpo mãos e rosto com lenço umedecido e deixo dormir.
Em uma sacolinha menor, que eu levo fechada dentro da bolsa, eu levo: pratos e talheres (gosto deste kit da Fisher-Price, porque o prato não cai da mesa, e os talheres são arredondados. Júlia já come sozinha – não tudo – mas ainda faz bagunça, aproxima o talher dos olhos e tal, por isso os talheres com ponta bem arredondada para não machucar); garrafinha squeeze com água; outra garrafinha ou mamadeiras vazias para eu colocar algum suco natural que eu peço para fazer na hora em restaurantes; biscoitos integrais; peta; frutas picadinhas e Mucilon prontinho.
Para passeios mais longos eu uso uma sacola de lona antiga, que eu usava para ir à academia. Nessa eu dobro as quantidades (de roupa e comida): 4 mudas de roupa, 4 sapatilhas Puket, 2 pares de meias, uma toalha e o kit do Boticário que eu mencionei acima – que vai completo, com sabonete, shampoo, condicionador. E coloco muitos brinquedos para ela passar o dia, a Mônica (que ela AMA), livrinhos infantis (que comprei AQUI), e algum brinquedo com bastante barulho (terror dos pais, amor das crianças, hahaha!).

 

Autoria de Mari Oliveira
Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line. Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line. No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”. Eles estavam certos!