O neto é a hora do carinho ocioso e estocado, não exercido nos próprios filhos e que não pode morrer conosco. Por isso, os avós são tão desmesurados e distribuem tão incontrolável afeição. (Affonso Romano de Sant’ana)

E aí, as vovós e os vovôs dos seus pequenos curtiram o marcador de páginas que ensinamos a fazer AQUI? Tomara que sim! Mas se na correria do dia-a-dia a data de hoje passou batida, não se preocupe! Corre lá no site do Estúdio Cereja e faz o download dos cartões lindos que eles criaram! Daí é só imprimir e espalhar pela casa dos avós, ou enviar por e-mail!

A Folhinha de hoje também deu dicas de presentes: livros em que avós e netos falam do tempo e do que gostam de fazer.

Só não vale deixar o dia de hoje passar sem homenagens! Nossos avós e os dos nossos filhos merecem muito carinho!

Autoria de Mari Oliveira

Sou mãe, esposa, filha e irmã off-line.
Tradutora, fã dos Beatles e mãe de primeira viagem on-line.
No dia 13 de maio de 2011, ouvi Maria Betânia cantar e o obstetra repetir: “Você verá que a emoção começa agora”.
Eles estavam certos!