Enxoval, Para Bebês, Para Mamães

Dizem que não usa, mas usa sim…

Acompanhei no twitter, há algumas semanas atrás, algumas mães compartilhando dicas sobre os produtos infantis que elas usaram muito com seus bebês e aquilo que compraram e se arrependeram.
Foi interessante observar o quão relativo essas coisas são. Muitos produtos mencionados foram úteis para algumas mães e completamente dispensáveis para outras.
Nesse contexto, quero mencionar aquilo que muita gente diz que não usa, mas que EU usei muito. Minha intenção é alertar as mães de primeira viagem sobre aquilo que elas devem analisar com mais atenção, já que “ir às compras” com um bebê recém-nascido no colo ou em casa não é fácil. 
Cortinado
Você acredita que sua casa não tem pernilongos… até ter um bebê! Não comprei o acessório, mesmo achando lindo berços com dossel, para evitar o acúmulo de poeira e porque quis seguir os conselhos de quem dizia que eles diminuem a circulação de ar e fazem o berço ficar “calorento”… e tive que providenciar um cortinado assim que a minha filha nasceu!
Hoje, considero um item indispensável e muito útil. 
Esterilizador de mamadeiras elétrico (Avent)
É óbvio que bebês que mamam não vão precisar de mamadeiras e esterilizadores tanto quanto aqueles que não tiveram essa sorte. Mas uma coisa eu garanto: mães que usam mamadeiras vão ter MUITO menos trabalho tendo um esterilizador elétrico. Eu tenho os esterilizadores da Avent (o de microondas, também muito bom, fica na casa da vovó) e apesar de considerar um item trambolhento (ocupa muito espaço na mala de quem vai trazer em uma viagem e muito espaço na cozinha, já que tem que ficar ligado 24 horas), eu super indico esse acessório.
DICA: não comprem fora do Brasil. O produto realmente ocupa muito espaço na mala e chegando no Brasil, será preciso comprar um transformador de quase R$100 para utilizar a vontagem 220volts.
Poltrona de amamentação 
É sempre possível improvisar um local para amamentar, principalmente, quando a mãe já tem um pouco mais de prática. Mas também é muito mais confortável amamentar em uma poltrona com enconsto alto, balanço, braços e descanço para os pés; principalmente, se esta estiver posicionada em um local reservado, preparado para a mamãe e o bebê.
DICA: eu coloquei a poltrona no meu quarto (e não no quarto da minha filha) e já escolhi uma estampa neutra, que combinasse com a decoração do quarto (e não com a bebê). Assim, o móvel continua sendo útil mesmo agora, que já não amamento mais.
IMPORTANTE: assim que eu me lembrar de outros produtos importantes, que merecem estar nesse post, o mesmo será atualizado. Caso você, mamãe, tenha alguma dica para nos enviar, fique à vontade: dicas@roteirobabybrasilia.com .

  1. Fátima

    27 de dezembro de 2011 at 18:16

    Eu assino embaixo de todos esse itens. Estou usando muito, o mosquiteiro é essencial, apesar de eu ter visto poucos mosquitinhos aqui em casa, mas fico mais tranquila. E o que seria de mim sem o esterilizador??? Passaria a vida fervendo coisas no fogão! E a poltrona então, nem se fala, meu cantinho mágico!

    Beijos!!!

  2. Tips For Mommy

    27 de dezembro de 2011 at 23:38

    Iza,
    Ótimo post – adorei!!! Dicas super bacanas e úteis!
    Bjão,
    Mi
    *aproveito e te deixo um bjo super carinhoso, pelo dia de hoje! congrets….happy b.day querida!

  3. LORENA

    28 de dezembro de 2011 at 00:04

    Um item que todo mundo me dizia ser desnecessário era o kit berço. Realmente, usei bem pouco nos 2 primeiros meses, mas foi o Lucas começar a se movimentar que vi a importância deste kit. Ele evita que as pernas e bracinhos do bebê entrem nos espaços da grade do berço e, assim, ele dorme melhor. Também evita que Lucas bata a cabecinha nas laterias do berço enquanto dorme. Uso até hoje e tive que providenciar pra revezar com o primeiro!

  4. Adriana Engelmeyer

    28 de dezembro de 2011 at 00:24

    Realmente todos os itens eu concordo….eu coloquei um mosquiteiro no quarto do Theo….agora não uso mais,,,,,ele esta com 9 meses….mas usei…muito…..o esterilizados uso direito…..compramos nos EUA…em são Paulo é 110 então posso usar tranquilamente e vLeu muito a pena……minha poltrona de amamentação eu não vivo sem ela…..

  5. Kátia Aguiar

    29 de dezembro de 2011 at 04:00

    Eu mesma fiz a besteira de comprar a poltrona de amamentação e não comprar o descanso para pés, me arrependi demais!!! Só quem passa madrugadas em claro como eu passei é que sabe a necessidade de uma poltrona confortável com possibilidade de esticar as pernas…rs

  6. Pac

    29 de dezembro de 2011 at 17:12

    Eu também não tinha comprado um mosquiteiro (cortinado) por causa da questão da poeira. Isso durou até meu filho levar as primeiras picadas e descobrirmos o quanto ele é alérgico. Comprei logo 2, com elástico na barra pra ficar alternando (e lavando toda semana).
    O esterilizador de microondas no meu caso foi suficiente, pois consegui dar de mamar bastante e as mamadeiras foram pouco usadas e esporadicamente.

    A poltrona de amamentação eu senti muita falta, mas simplesmente não cabia no nosso “apertamento”. Mas recomendo a todas – e com descanso para os pés.

    Algo que ganhei de presente (amiga americana) mas me ajudou muito foi o espelho pra colocar no encosto do banco de trás do carro no 1º ano, quando a cadeirinha fica virada de costas. Sempre que ouvia um barulho estranho era só dar uma conferida pelo retrovisor.

    Beijos!

  7. Nelsi

    23 de janeiro de 2013 at 12:08

    Meninas, alguem sabe me dizer se a almofada para amamentacao tem utilidade real ou nao ? (aquele que pafrece um arco). Acho um trambollho e tenho impressao que nao é nada prática.

    1. Mari Oliveira

      23 de janeiro de 2013 at 18:10

      Nelsi,
      na minha experiência, a almofada de amamentação foi super útil! Conforme o bebê vai ganhando peso, o braço da gente dói de amamentar sem a almofada dando o apoio por baixo. Além disso, com a almofada a criança fica mais aconchegada quando amamentamos sentadas. Até Júlia completar uns 2 meses, eu usei a almofada para dar apoio às costas dela quando a deitava de lado na minha cama e usei como encosto quando Júlia começou a querer sentar.
      Para mim, teve bastante utilidade!
      Abçs!

    2. Iza Garcia

      24 de janeiro de 2013 at 20:44

      Concordo com a Mari! Eu usei muito a minha, Neisi… inclusive depois da amamentação, para a minha filha dormir com uma proteção envolta. Eu também colocava ela atrás da Bruna na cama e isso ajudou ela a se sentar… acho um item útil sim.

Comente!