TO-OO-DA vez que saio com a Bruna e o andador de tecido da Bruna, respondo, no mínimo, três perguntas de mães querendo saber onde o acessório foi comprado.
Ele é realmente muito útil e uma das coisas eu super indico. É o tipo de produto que será usado por pouco tempo, mas que durante o uso será TÃO útil que vale a pena ser adquirido.

Eu já falei sobre andador portátil aqui, ao descrever o Moon Walk que, hoje, eu já não acho um bom modelo por ter um pegador meio grande para ser carregado na bolsa do bebê ou da mamãe.  

O meu é o Juppy Baby Walker, que foi comprado aqui no Amazon por US$29,95.
Nos EUA, tem também o Baby Walking Wings Learning To Walk Assistant aqui.  
Andador Affinity aqui por R$28.
 
No Brasil, a loja Affinity vende um andador acima por R$28. O preço é excelente, o produto é realmente portátil, mas eu, apesar de não ter testado, não simpatizo com o modelo porque ele me parece desconfortável ao ficar “preso” embaixo do bracinho do bebê.


Independente do modelo, o andador portátil deve ser adaptado (vestido) no corpo da criança e que será manipulado pelos pais, auxiliando a mesma a manter o equíbrio e proporcionando à ela a sensação de liberdade de estar andando sozinha.  
O produto facilita a fase dos primeiros passos para a criança e para os pais (a coluna agradece!) e, nos EUA, é conhecido como “Walking Wings” (asas para andar).

Pretendo fazer o andador Bibelots em breve, nos moldes do que eu estou usando com a Bruna, com uma modificação que só uma mãe que testou o produto pode perceber a necessidade. Garanto que o andador que eu pretendo vender na lojinha, em breve, vai ser o mais útil. Só não o fiz, até hoje, porque a Bruna está no auge da fase “aprendendo a andar” e eu preciso desmontar a peça para tirar o molde… então, assim que a fase passar e o acessório não for tão indispensável como tem sido ultimamente, eu farei para vocês.

Autoria de Dhemes Andersen