Já postei aqui muitas dicas para as mães guardarem diversas recordações do crescimento das crianças.
E, nesta semana, recebi o 4º e-mail de leitora do Blog me perguntando/indicando alguma “doolmaker” para eventual interesse meu em fazer uma réplica da Bruna. 
Nesse contexto, registro que TODA dica de leitora é bem vinda e que eu respeito, autorizo e publico, inclusive, os comentários de quem discorda de mim, desde que o comentário seja “elegante”. (risos). Já agradeci e troquei e-mails divertidos com as leitoras mencionadas, mas, aqui, quero registrar minha opinião sincera (já dita à elas também) sobre esse tipo de produto.
Na minha opinião, guardar recordações da Bruna inclui escrever anotações sobre as fases e acontecimentos, guardar mechinhas do cabelo e objetos que estão sendo usados por ela, fazer muitas fotos e filmes… 
… e a “clonagem” da minha filha, personificada em forma de boneca, sinceramente, à mim, parece meio bizarra.
Às vezes olho aquela menininha linda que já está ficando grandinha e penso sim sobre “como vou sentir saudades dela desse tamanho”. Mas daí a achar que ter uma boneca que se parece com a minha filha vai diminuir a saudade no futuro… não!  
Penso que muita gente já tenha visto esse tipo de bonecas, mas para quem não sabe detalhes sobre essa “maluquice”, registro os “bebês reborns” são feitos a partir de uma técnica ultra complexa e moderna de reprodução da fisionomia de um bebê em forma de boneca.

O produto é feito a partir de um molde, mas inclui detalhes na fisionomia baseados em fotos do bebê original. Os fios de cabelo implantados um a um podem ser fornecidos pela mãe (retirados dela ou do próprio filho, já crescido). Os bonecos são feitos em vinil ou silicone importado dos EUA e da Europa e pintados com tinta especial. Levam olhos idênticos à próteses humanas e são preenchidos com areia ou pequenas pedrinhas para simular o peso de uma criança real.
Além disso, a cor e a textura da da pele é tão real que tem até pequenas veias aparentes no rosto e corpo para simular a aparência dos bebês de verdade.
Eu já segurei um bebê desses enquanto estava grávida e achei esquisitíssimo! Eu estava no Park Shopping quando isso aconteceu e uma vendedora da Chicco me garantiu que existem pessoas estranhas que compram até carrinho (sim! de verdade e da Chicco!) para andar com essas bonecas por aí!
Eu até compraria uma boneca que parecesse bem real para a Bruna brincar, desde que isso não custasse R$3.000… mas não gostaria de ter uma réplica dela emborrachada guardada no armário.
E vocês?! O que acham disso?!
SERVIÇOS:
Preço: de R$900 até R$3000

Autoria de Dhemes Andersen