A Xuxa estará em Brasília na próxima semana!Deu pra notar a minha empolgação?! Sim! Eu ainda sou fã e, como assessora parlamentar, estou feliz de saber que um dos meus dias de trabalho, na semana que vem, será mais divertido!

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, em parceria com a Embaixada da Suécia em Brasília e a Save de Children Suécia realizarão o Seminário sobre Experiências de Legislação contra Castigos Cosporais de Crianças e Adolescentes.
O evento, que é aberto ao público, acontecerá dia 19/05 (5ª-feira), no Plenário 1 do Anexo II da Câmara dos Deputados em Brasília, das 9h30 às 16h30 e a cerimônia de abertura contará com a presença da Sua Majestade Rainha Silvia da Suécia e da Xuxa, que é membro e Porta-voz da Rede “Não Bata Eduque” (RNBE).
Sobre o mérito da questão, registro, ainda, meu apoio à iniciativa e ao Projeto de Lei 7.672/2010, de autoria do Governo Federal, que será discutido no Seminário e que estabelece o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de qualquer forma de violência, castigo cruel ou humilhante.
A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados e o evento visa contribuir com o debate, compartilhando e discutindo a experiência da Suécia – país pioneiro no enfrentamento aos castigos corporais há mais de 30 anos – e de países da região como Costa Rica, Venezuela e Uruguai, que já adotaram leis semelhantes.
Penso que se um murro em um adulto seja punido como crime de lesão corporal, algo semelhante, contra uma criança indefesa e frágil, é covarde e ainda mais recriminável. Além disso, acredito que existam maneiras pacificas e eficientes de se educar um filho e que seja inadmissível que um pai, responsável por zelar pela saúde, segurança e integridade física do filho, seja o responsável por agredi-lo.
Apoio a causa! Eu não bato, educo!  

Autoria de Dhemes Andersen