Programação Infantil em Brasília, Saúde

TESTE DO PEZINHO EM CASA

Como eu disse no post anterior, o Laboratório Sabin de Brasília oferece uma boa estrutura para que as crianças fiquem mais à vontade e superem o medo de realizar exames.
As três unidades listadas abaixo, inclusive, foram apelidadas de “Saibinho”, por oferecerem espaços especialmente destinado ao atendimento de crianças:
– 516 Norte: Ed. Carlton Center, Bloco E, Loja 74
– Taguatinga Norte: QNA 30, Casa 10
– 714/914 Sul: Centro Executivo Sabin, Térreo
A dica de hoje, no entanto, é para mães que desejam realizar o “Teste do Pezinho” em casa.
Saibam que a maioria dos convênios médicos oferecem essa comodidade, para evitar que mamãe e bebê tenham que sair de casa nos primeiros dias de vida da criança e já que o teste deve ser feito entre o terceiro e oitavo dia de vida dela.
Caso a mãe e/ou a criança não tenham convênio, o valor cobrado para tanto, em Brasília, é de R$ 819.
Para ter acesso a este serviço dos Laboratórios Sabin, é preciso ligar no telefone (61) 3329-8081, passar os dados do convênio e do pedido do medico (não se esqueçam de sair do hospital com o pedido em mãos!) para agendar o horário. Geralmente, é possível conseguir o atendimento no mesmo dia da ligação ou, no máximo, no dia seguinte.
Outra dica, neste contexto, é sobre a possibilidade de fazer o teste de forma venosa (agulha na veia do braço) e não espremendo o pezinho daquela forma tão esquisita. O sangue é o mesmo, o teste é feito da mesma maneira e eu, orientada pelo meu pediatra, preferi que o exame fosse feito desta forma.
É possível que, no momento da coleta, a criança não tenha uma veia de fácil acesso para tanto… neste caso, é mais indicado que o teste seja feito da maneira convencional.
No entanto, eu sugiro que no momento da coleta, a mãe questione o profissional que irá realiar o procedimento, sobre a possibilidade de ser de forma venosa.
No meu caso, deu super certo. A Bruna estava com icterícia e nós aproveitamos e já tiramos sangue suficiente para medir a concentração de bilirrubina. Foi tudo rápido e minha filha nem chorou pra fazer o exame. 

  1. gilvan

    5 de maio de 2011 at 17:56

    Fiz o teste do pezinho no meu bebê hoje, pelo convênio… imaginei que fossem cobrar alguma taxa extra para virem na minha casa, mas não tive de pagar nada. Achei super cômodo não ter de ir laboratório.

  2. Pequenos Modernos

    5 de maio de 2011 at 18:24

    não sabia que dava para realizar esse exame pela veia, é uma boa dica!
    beijos

  3. Mayara

    5 de maio de 2011 at 18:49

    Quando saímos do hospital a pediatra de lá mesmo que me orientou que faziam em casa. Liguei e dois dias depois o enfermeiro chegou na hora marcada. Foi muito atencioso comigo e com as meninas. Eu só não sabia dessa de tirar pela veia… seria uma boa opção já que elas furavam o pé duas vezes ao dia para medir a glicemia…
    Super indico o Sabin!

  4. Kellen Turci

    15 de abril de 2014 at 21:31

    Meninas, fico impressionada com o site de vocês.
    Realmente é o mais completo e uma ótima ajuda as mamães (principalmente as de primeira viagem, rs). Fiz o teste do pézinho no meu filho no posto de saúde, quando fui tomar as primeiras vacinas. Mas a pediatra orientou que fizesse novamente, pois o teste do posto não é tão completo.
    Admito que só de pensar em furar o pézinho do meu filho novamente me dá calafrios.
    Fui pesquisar no google sobre o teste no sabin e cai direto no site de vocês.
    Adorei saber que há a possibilidade do exame ser feito em casa e adorei mais ainda saber que pode ser feito pela veia.
    Chega de furar o pézinho dele. Na maternidade furaram 4 vezes para medir a glicemia.
    Beijos

    1. Mari Oliveira

      16 de abril de 2014 at 11:07

      Oi Kellen, que bom ver você aqui, sou leitora do seu blog e até trocamos algumas mensagens já. Tudo bem? Espero que esteja tudo bem com você e Lorenzo na nova rotina familiar 🙂
      Pois é, e o pessoal do Sabin que atende em casa é super preparado! Eu mais de uma vez usei o serviço, e só tenho elogios.
      Um abração!

      1. Kellen Turci

        16 de abril de 2014 at 15:04

        Oi Mari, sim… eu adoro seus comentários na Soft! E também já era sua leitora, antes mesmo de engravidar. Estamos nos adaptando a nova rotina. No inicio foi mais difícil, principalmente a amamentação. Mas agora a gente se entende! hehehe. Já estou até com conseguindo um tempinho para visitar os blogs amigos.
        Depois te conto como foi a experiência do Sabin em casa.
        beijos

Comente!