Tenho uma certa resistência para testar produtos para a minha filha Bruna, especialmente quando o “risco de eu não aprová-lo” envolve o do produto causar assaduras e outros “danos”, por exemplo.
Por isso, vivo atenta às mães que postam dicas de produtos testados e aprovados por elas e, sempre que possível, vou compartilhar as que eu tenho para ajudar outras mães a encontrarem mais alternativas de produtos eficientes para seus bebês no mercado.
Hoje, quero SUPER INDICAR as fraldas da Personal, que já é famosa na fabricação de papel higiênico e outros produtos de higiene pessoal.
A fralda é excelente e super confortável, já que tem o material parecido com a da linha Johnson’s Ultra seca (macia e de algodão) e possui quatro camadas de proteção, o que garante o bebê sequinho por muito mais tempo.
Por dentro, ela é igualmente suave (graças à tecnologia Duo Soft) e as barras laterais protegem bem (não deixaram vazar nenhuma vez aqui em casa) por terem o tamanho e a flexibilidade ideais.
O formato é anatômico e cavado (o meu preferido, já que minha filha tem pernocas grossas), e veste super bem por ser mais comprida do que larga e ainda porque a fita, que é de cola, está fixada em uma aba bem flexível.
Outra vantagem bacana das fraldas Personal é o fato do fabricante Santher ter loja online (Santher OnStore) e disponibilizar serviços bem interessantes: é possível fazer uma assinatura de fraldas (para receber os produtos mensalmente e com descontos) ou fazer o chá de fraldas no site.
E o que eu testei e adorei foi participar do “Programa Mimo”, que é o programa de experimentação da Personal Baby para receber uma amostra com 10 unidades das fraldas e um pacote dos lencinhos umedecidos (que eu só não gostei do cheiro) por um preço BEM acessível. (eu paguei R$5,65, por boleto, pelo pacote de fradas + lencinho + frete).  
Preço médio: R$25,27 o pacote M com 54 fraldas (0,47 a unidade).
Ponto negativo: não é fácil de encontrar no mercado e o frete pago na loja Santher OnStore encarece demais o produto.

IMPORTANTE: quem encontrar em Brasília, por favor, volta aqui pra compartilhar a dica! 

Autoria de Dhemes Andersen