Hoje, 18 de abril, é o Dia nacional do Livro Infantil.
E, na blogosfera materna ou mamysfera (gosto disso), vai rolar uma ação, proposta pela  Ceila, do Blog Desabafo de Mãe (que eu leio diariamente) para juntar mães que gostam de ler livros infantis com seus filhos e partilhar suas experiências. Para ser uma “Rainha do Livro”, é preciso entrar em contato com a Ceila, contando as razões pelas quais você quer ser uma das 20 blogueiras que ela pretende reunir para escrever sobre literatura infantil para outras mães.
Nesse contexto, outra iniciativa que merece destaque é a da Revista Crescer, que está em processo de definição da “Lista dos Melhores Livros Infantis do Ano”, que sairá na edição de junho pelo sexto ano consecutivo.
Sabe-se que, em 2006, a CRESCER publicou “Os 55 Melhores Livros Infantis de Todos os Tempos” (lista que eu amo, que eu já mencionei em três outros posts e que está linkada ao final deste), onde indicou desde os clássicos contos de fadas dos Irmãos Grimm, Hans Christian Andersen e as fábulas de Esopo até as preciosidades de nossa literatura de autores como Ruth Rocha, Ana Maria Machado, Ziraldo e Lygia Bojunga.
Desde 2007, passou a publicar a “Lista dos 30 Melhores Livros Infantis do Ano”, em que oferece diversidade de temas, idades, tipos de escrita e ilustrações com base na qualidade.
Para tanto, a Revista conta com a colaboração de cerca de 40 jurados, todos especialistas que acompanham o que chega ao mercado brasileiro de literatura infantil e, em 2011, haverá uma grande novidade: as mães também poderão colaborar, indicando qual o livro infantil de 2010 mais marcou a sua família. Tem que escolher apenas um livro e fazer uma pequena crítica sobre ele. Para participar, clique aqui! A melhor crítica ganhará um kit de livros CRESCER. 

INTERESSANTE:
Para ver os “30 melhores livros infantis de 2009” pela Revista Crescer, clique aqui!
Pra ver os “55 melhor livros infantis para seu filho” (adoro esse lista!), também elaborada pela Revista Crescer, clique aqui!

Autoria de Dhemes Andersen