A Cia Truks Teatro de Bonecos comemora 20 anos de atuação no teatro de animação com a Mostra Truks – 20 Anos, que apresentará oito espetáculos (adultos e infantis) entre os dias 28 de abril a 1º de maio na Sala Martins Penna do Teatro Nacional Claudio Santoro, com entrada franca.
 
ESPETÁCULOS PARA CRIANÇAS:

Truks – A Bruxinha
Dia 28 de abril, às 20 horas (abertura da Mostra Itinerante Truks 20 anos)
Baseada na obra da autora e ilustradora Eva Furnari, TRUKS: A Bruxinha foi o primeiro trabalho da Cia. Truks. A peça estreou em 1991 e foi apresentada até 1998, tendo ultrapassado a marca de 1200 sessões realizadas. Foi, sem dúvida, um dos grandes fenômenos do teatro para crianças, não apenas pela grande repercussão que teve em toda a mídia, lotando teatros em todo o Brasil, mas principalmente pelo encantamento que provocava no público. A montagem, cativante e delicada, é um convite à imaginação e ao desenvolvimento da criatividade. A Bruxinha deixa o seu espaço gráfico para ganhar corpo – e alma – de boneco, e leva para os palcos toda a sua graça, simpatia e inusitado senso de humor, vivendo suas aventuras, manias e caprichos. Foi indicada para o Prêmio Mambembe 1995 na categoria Melhor Espetáculo e faturou o prêmio de Melhor Direção para teatro infantil.

O Senhor dos Sonhos
Dia 30 de abril, às 16 horas
O espetáculo conta a história de Lucas, um velho e bem sucedido escritor, que relembra os tempos de sua infância, quando fora um menino criativo, engraçado, simpático e, principalmente, sonhador. Se não navegava pelos sete mares, certamente estava a pilotar alguma nave espacial em planetas longínquos. E, como sempre, atrasado para ir à escola ou esquecido de suas lições e obrigações.
A peça faz de Lucas um verdadeiro ícone de todas as crianças, ao materializar o anseio destas pela liberdade de viverem os seus sonhos. Mas salienta, principalmente, a importância da participação de pais e educadores, que, a cada passo, e com redobrada atenção, quiçá saberão orientar e conduzir os caminhos dos pequenos, com compreensão, carinho e, principalmente, muita cumplicidade. Pois é desta cumplicidade e do carinho de sua mãe, que o velho Lucas relembra com maior emoção. Pois sabe que deste afeto nasceu a segurança para exercer sua arte de contar e escrever as histórias que o consagrariam como escritor de sucesso, pelo resto de sua vida. Estreou em 1999. Indicado ao Prêmio Coca Cola de Teatro Jovem – 1999 nas categorias Melhor Atriz e Melhor Autor.  Melhor Espetáculo do Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Canela – 2005.

Zôo-Ilógico
Dia 1º de maio, às 16 horas
Zôo-Ilógico traz para os palcos uma idéia de fundamental importância para as crianças: o estímulo ao processo criativo, à invenção e à criação de novos referenciais imaginários. A partir de simples objetos do cotidiano, desfilam pela cena mais de uma dezena de divertidas e inusitadas criaturas animadas. Tudo começa quando dois amigos resolvem fazer um piquenique no Zoológico.  Ao encontrarem as portas do parque fechadas, não se intimidarão em criar, com muita criatividade e um certo non-sense, o seu zoológico particular, em que bichos serão feitos de pratos, panos, garrafas,  talheres e tudo o mais que estiver ao alcance de suas mãos.  Estreou em 2004. Prêmio APCA 2004 – Melhor Ator. Prêmio Coca-Cola Femsa na Categoria Especial pela inovação de linguagem desenvolvida na montagem. Indicado ao Prêmio Coca Cola Femsa como Melhor Direção, Melhor Espetáculo e Melhor Ator.

SERVIÇO:
Mostra Itinerante Cia.Truks
De  28 de abril a 1º de amio de 2011 (quinta a domingo)
Locais: Sala Martins Pena do Teatro Nacional Claudio Santoro (Setor Cultural Norte, via N2) e Escolas
Ingressos: Gratuitos (devem ser retirados na bilheteria com duas horas de antecedência do inicio dos espetáculos).
Horário da Bilheteira: abertura duas horas antes do inicio dos espetáculos.
Informações: (61) 3325.6256.

FONTE:
Acha Brasília: aqui!

Autoria de Dhemes Andersen