Na tentativa de compartilhar dicas relevantes sobre briquedos ideais para bebês, com base naquilo que mais funcionou com a minha filha Bruna, que tem seis meses, eu quero indicar os brinquedos eleitos como “melhores” aqui em casa para a fase dos 4 e 5 meses.
Sobre o desenvolvimento dos bebês destas idades, é importante dizer que eles estão aprendendo a fazer as coisas acontecerem e que o momento é ideal para ensiná-los sobre a relação de causa e efeito através de brincadeiras e brinquedos com os quais o bebê seja capaz de interagir.
Também é tempo de aperfeiçoamento da coordenação dos olhos e das mãos e o bebê passa a alcançar, agarrar e levar à boca tudo o que lhe chame a atenção.
Por tudo, é importante ofereçer a estes bebês objetos e brinquedos seguros, de formas, tamanhos e texturas diferentes, e que, além de distraí-los, os ensinem a raciocinar, experimentar e descobrir soluções.
Como sugestões para bebês desta fase, os fabricantes indicam brinquedos de banho (que eu não uso no banho, mas são ótimos por serem facilmente laváveis), para dentição (mordedores), portáteis (eu amo os da Lamaze, que são coloridos, leves e barulhentinhos), musicais, além dos de empilhar ou enxaixar. 
Eu adoraria ter comprado o tal do “pianinho para os pés” que dizem ser bem legal para esse período, mas achei caro demais.
Portanto, os brinquedos que puderam ser comprados aqui em casa e que agradaram a Bruna foram:
Mordedores leves, fáceis de lavar e que podem ser levados à geladeira
fazem sucesso nessa fase em que os bebês querem passar
o dia todo com algo na boca.
Livrinhos de plástico que podem ser usados fora do banho também.
São leves e fáceis de lavar. Esse eu comprei nas Americanas por R$14
e fez sucesso. Bruna adora passar e repassar as páginas incontáveis
vezes e adora o barulhinho que a capa faz ao ser apertada.
Macaquinho de Passeio Fisher-Price, que toca música ao ter o nariz
apertado, faz barulho de plástico amassado com a folhinha verde, tem
mordedores e o rabo com chocalho que pode ser preso no carrinho.
Colorido, simpático e lavável. Antes dos 4 meses não é indicado
porque é pesado. Aqui em casa recebeu o nome de “Tião” e foi
o brinquedo favorito por uns dois meses.

Além disso, a cadeirinha que já está sendo usada desde o primeiro mês continua sendo muito útil para ver TV, para brincar enquanto papai e mamãe estão fazendo uma refeição e até para a hora das papinhas da Bruna, já que ela ainda não está sentando e engole melhor quando está ligeiramente deitada.

Os DVDs musicais também continuam distraindo bastante minha pequena e agora eu não me torturo mais ouvindo só a tal Galinha Pintadinha (que eu já disse aqui que odeio!)… a nossa dvdteca está cada dia mais cheia de opções divertidas e educativas.
Vejam que eu já sugeri brinquedos para 1 mês (aqui), para dois meses (aqui) e para 3 meses (aqui).

Autoria de Dhemes Andersen