Educação

HORA DO PLANETA: participem!

Desde que engravidei (2010), passei a me preocupar muito com o fato de estar colocando mais uma vida no mundo… mas num mundo tão maluco, tão cheio de violência, egoísta, poluído, desigual…
Minha preocupação com o meio ambiente, por exemplo, é muito maior agora e, mesmo tardiamente, só agora tenho tomado medidas práticas e reais para tentar preservar e melhorar o mundo que abrigará a minha filha no futuro.
Participar da Hora do Planeta é um ato simbólico, mas que demostra o meu interesse em fazer parte de ações que visam minimizar o aquecimento global.
Essa campanha, criada em Sidney, na Austrália, pela WWF, recebeu a adesão de 2,2 milhões de casas e estabelecimentos em todo o país logo no primeiro ano (2007). Um ano depois, em março de 2008, a Hora do Planeta já havia se tornado um movimento com repercussão global: cerca de 50 milhões de pessoas em 35 países participaram da segunda edição do protesto. Pontos turísticos famosos como a ponte Golden Gate, em São Franciso (EUA) e o Coliseu, em Roma (ITA), agregaram ainda mais valor à causa, apagando por completo sua iluminação durante uma hora.
Em 2009 a campanha atingiu o seu ápice, com centenas de milhões de participantes em mais de 4 mil cidades, em 88 países. Foi também o primeiro ano de participação do Brasil – com a criação do site www.horadoplaneta.org.br para os registros nacionais. Monumentos e locais simbólicos como as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel, em Paris (FRA), a Times Square, em Nova York (EUA) e até o Cristo Redendor e o Congresso Nacional ficaram no escuro por uma hora.
O foco da campanha não é tentar amenizar o aquecimento global com apenas uma hora na redução do consumo, mas sim chamar a atenção de grupos empresariais e do poder público para a força de mobilização da sociedade.
Dia 26 de março de 2011
Das 20h30 às 21h30
Apague a luz por 60 minutos para ver um mundo melhor para nós e para nossos filhos!
www.horadoplaneta.org.br
INTERESSANTE:
E quem quiser aproveitar a campanha para falar sobre a importância de ações como esta às crianças, sugiro brincadeiras lúdicas e divertidas: “gato mia”, teatro de sombras ou, para os pais mais animados, brincar de acampamento no meio da sala!

  1. Mãe Mochileira, Filho Malinha..

    25 de março de 2011 at 20:13

    eu apoio e pratico!! super bem lembrado!!!
    bjss!!otimo finde!
    😉

  2. Ana

    25 de março de 2011 at 22:17

    Filhote adora brincar no escuro.
    Vai ser dificil convercer o marido mas vamos lá! O filho me ajuda nesse empreitada. Rs
    Beijos!

  3. Rita Romano

    26 de março de 2011 at 16:43

    acho que essa hora do planeta rolou ontem aqui no Rio!!ficamos uma hora sem energia eletrica e, amiga, foi o ca-os!! ng tava preparado, foi sem combinar, nenem com fome, outro com dor de barriga, mas acho q planejado, pode ser realmente divertido, bjo!

  4. Ju Chicrala

    26 de março de 2011 at 19:34

    Oi querida…to lendo o livro e to adorando, vou postar logo logo! Sabe aqueles livros q são realistas, q parece q estamos conversando com pessoas q viveram a experiencia mesmo? Pois é, to tendo essa impressão! É uma linha diferente da Encantadora e no Nana nene. Fala q a rotina deve ser iniciada depois de 1 mes e meio..enfim, algumas coisas diferentes. Ficamos louquinhas com informações divergentes ne…rs!

    Um beijooo

  5. Hora do Planeta 2014 — Roteiro Baby

    29 de março de 2014 at 08:01

    […] a Iza disse AQUI, a gente bem sabe que não é com uma horinha de luz apagada que se ameniza o aquecimento global. […]

Comente!