Festas, Para Crianças, Para Meninos, Para Mocinhas

Happy Hair: salão de beleza para crianças

Acaba de ser inaugurado, no Gilberto Salomão (Lago Sul), o Happy Hair, um salão de beleza infantil muito bacana.
Essa dica veio da minha cunhada Tatiane, uma mãe super antenada e disposta na hora de levar os pimpolhos para se divertir.

Estou indicando porque ela recebeu ótimas indicações do salão, mas eu mesma ainda não fui para testar, já que a minha filha (de quase 4 meses) ainda é careca.

O salão é super bem decorado e oferecer serviços muito interessantes.
Tem o “Dia da Princesa”, onde as menininhas vaidosas poderão lavar, modelar e pentear os cabelinhos. Além disso, neste serviço está incluso, maquiagem, manicure, pedicure, lanche e brinde.
Para os rapazinhos, o “Dia da Aventura” inclui, além de brinde e lanche, a lavagem, o corte e um penteado radical (moicano, topete ou Justin). Os mais ousados poderão optar, também, por colorir o cabelo.
Outra coisa bacana que o Happy Hair oferece é um espaço (no piso superior) para comemoração de aniversários (KidsParty). As festinhas por lá têm duração de 4 horas e apesar do número de convidados ser limitado, é uma forma super diferente de comemoração. Além disso, todas as crianças ganham um brinde e todos os serviços acima descritos são oferecidos durante o evento.  
Se vocês também curtirem, comentem abaixo!
SERVIÇO:
Gilberto Salomão (Lago Sul)
SHIS CC QI 05, Boco B, Loja 24

  1. Gabriela

    27 de outubro de 2013 at 23:59

    Gostaria de saber qto fica uma festinha no happy hair, minha filha vai fazer 9 anos!Desde já agradeço!

  2. Beatriz Nunes

    12 de maio de 2014 at 16:55

    Levei a minha filha para cortar o cabelo nesse salão e não consegui entrar, pois estava tendo uma confusão na porta. Tudo que eu vi foi um funcionário sacando uma tesoura e tentando acertar um cliente. Não vi a história toda, mas levei um susto enorme com a raiva do funcionário. Ele estava atacando para matar! O cliente só gritava que tinha família e pedia para o funcionário não acertá-lo. Inclusive, do lado do cliente, estava sua mulher, carregando um bebê! Ele não fugiu nem nada. Quem fugiu fui eu . 😉 Saí correndo assustadíssima e não volto lá de jeito nenhum. Só escrevo para outras mães ficarem ligadas, pois, Deus que me livre, naquele dia alguma criança podia ter sido atingida por aquele maluco.

Comente!